Contratação mais cara da história do Atlético, custando cerca de R$ 33 milhões, o argentino Matías Zaracho ainda segue em busca de total adaptação ao novo clube e também ao futebol brasileiro. Anunciado em outubro, o meio-campista que se destacou no Racing-ARG se apega ao "poder do tempo" para, assim, fazer valer todo o investimento.

"Está sendo um pouco mais difícil do que eu pensava, mas é questão de tempo para estar totalmente adaptado. Estou melhorando aos poucos e logo estarei ambientado. Tenho feito uma função de buscar a bola, ordenar o jogo e encontrar espaços. Ainda está me exigindo um pouco, mas já me sinto mais à vontade e o tempo vai me ajudar neste processo", destacou durante a entrevista coletiva remota desta terça-feira (1).

"Trabalho para o treinador escolher a melhor posição que pode contar comigo. Respeito sua maneira de pensar e a preferência sobre a formação do time. É uma semana muito importante para nós. Estamos focados no Internacional para vencermos e seguirmos no topo do tabela", finalizou. Até o momento, Zaracho tem 7 jogos com a camisa do Alvinegro e um gol anotado.

No próximo domingo (6), o Galo encara o Inter no Mineirão, a partir das 18h15. Com 42 pontos, os mineiros defendem a permanência no topo da tabela do Campeonato Brasileiro, enquanto os gaúchos lutam para encerrar o jejum de seis jogos sem vencer na competição mais importante do país e, principalmente, para não deixar o G-4.