Sem ligar para o intenso frio, o Criciúma venceu o Goiás por 3 a 1, nesta terça-feira à noite, no estádio Heriberto Hulse, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Com sete pontos, o time catarinense se mantém dentro do G4, em terceiro lugar, deixando os goianos com quatro pontos na metade da tabela.

O fato curioso é que o time goiano nunca venceu o Criciúma em Santa Catarina, onde os mandantes também registraram, em 2004, sua maior goleada na história do Brasileiro: 7 a 2.

Nada melhor do que esquecer o frio com muita correria. Foi o que fez o time da casa, explorando bem as beiradas do campo. O Goiás, lento na saída de bola, pouco ameaçava no ataque. O Criciúma abriu o placar aos 22 minutos, quando Gustavo apareceu no primeiro pau e tocou de cabeça no canto após levantamento de Juninho.

O time orientado por Roberto cavalo manteve o ritmo e ampliou aos 40 minutos. Após escanteio cobrado por Fred, o zagueiro Nathan subiu mais do que a defesa e cabeceou de cima para baixo. O Goiás só teve uma chance três minutos depois, quando Jefferson bateu cruzado e Luiz espalmou para escanteio.

No segundo tempo, o Criciúma entrou mais cauteloso na espera do adversário. Mas o Goiás mostrou pouco futebol e não ameaçou o goleiro catarinense. Depois de cozinhar o galo, o Criciúma ampliou aos 33 minutos, quando Ezequiel foi lançado pela direita, foi até a linha de fundo e mandou para trás. Élvis bateu de primeira no canto direito de Renan.

O Goiás, pelo esforço, fez seu gol de honra aos 43 minutos. Após cruzamento da esquerda, Cassiano apareceu na pequena área, esticou a perna e empurrou a bola para as redes. Na comemoração, colocou o dedo indicador na boca como que a pedir silêncio da torcida. Por isso, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

A quarta rodada da Série B será disputada no próximo fim de semana. O Criciúma vai enfrentar o CRB, sexta-feira, às 19h15, no estádio Rei Pelé, em Maceió. Já o Goiás vai receber o Brasil de Pelotas, sexta-feira, às 20h30, no estádio Serra Dourada.

FICHA TÉCNICA

CRICIÚMA 3 X 1 GOIÁS

CRICIÚMA - Luiz; Ezequiel, Raphael Silva, Nathan e Marlon (Roberto); Barreto, Douglas Moreira e Élvis (Gabriel Leite); Niltinho, Gustavo (Hélio Paraíba) e Juninho. Técnico: Roberto Cavalo.

GOIÁS - Renan; Sueliton, Anderson Salles, Deivid e Jefferson; David (Ramires), Patrick, Léo Sena e Léo Silva (Rossi); Wagner (Cassiano) e Cléo. Técnico: Enderson Moreira.

GOLS - Gustavo, aos 22, e Nathan, aos 40 minutos do primeiro tempo. Élvis, aos 33, e Cassiano, aos 43 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Rodolpho Toski Marques (PR).

CARTÕES AMARELOS - Élvis e Barreto (Criciúma). Wagner, David, Anderson Salles e Cassiano (Goiás).

CARTÃO VERMELHO - Cassiano (Goiás).

RENDA - R$ 35.285,00 .

PÚBLICO - 3.208 torcedores.

LOCAL - Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC).