A derrota para o Macaé, por 1 a 0, na noite de domingo(15), acendeu o alerta no Fluminense. O revés fora de casa tirou a equipe do G4 da tabela, que garante os classificados para as semifinais da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca.

Preocupado, o técnico Cristóvão Borges cobra uma mudança de postura dos seus jogadores e avisa que a partir de agora cada jogo deve ser encarado como uma final. "São decisões que temos pela frente, principalmente por causa da nossa posição", afirma o treinador. "Mas já pensávamos assim antes mesmo desta derrota. São jogos importantes, decisivos, não podemos falhar."

O técnico atribui a derrota, que derrubou o Flu para o 5º lugar, aos desfalques, principalmente no ataque. Maior referência da equipe no setor, Fred cumpriu suspensão. O jovem atacante Kenedy também ficou de fora, assim como o lateral Giovanni.

"Os desfalques pesaram. Quando perdemos muitos jogadores, claro que fica diferente. Mas não podemos usar isso como desculpa. Temos equipe para jogar", comenta Cristóvão, que mostra confiança na reação do seu time. "Qualquer derrota incomoda, mas nós sabemos que vamos inverter essa situação."

O Fluminense volta a campo pelo Estadual no fim de semana. O time de Cristóvão vai enfrentar o Tigres, sábado, no Maracanã.