Com mais de 27 mil torcedores presente no estádio Itaquerão, em São Paulo, nesta sexta-feira (22), o Corinthians bateu de virada o Cruzeiro por 2 a 1 e garantiu presença na final da 47ª edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Rick Sena abriu o placar para os mineiros, mas Claudinho e Pedrinho saíram do banco de reservas para virar o jogo para o time da casa.

Bem postado na defesa, o Cruzeiro impediu que o Corinthians impusesse o seu jogo de toque de bola no campo de ataque e a marcação surtiu efeito. Aos 29 minutos, em rápida jogada de contragolpe, o zagueiro corintiano Léo Santos falhou e a bola sobrou para o centroavante Rick Sena, que completou para o gol abrindo o placar.

Precisando atacar, o Corinthians se lançou para frente na segunda etapa e chegou ao empate aos 19 minutos. O goleiro Lucão saiu do gol para cortar um cruzamento e a bola sobrou para Claudinho, que tocou com classe por cobertura.

Mesmo com o empate, a pressão corintiana não parou e, aos 35, veio a virada. Em uma bela jogada, que passou de pé em pé, com direito a toque de letra de Matheus Pereira e cruzamento de Claudinho, Pedrinho completou para delírio da torcida, garantindo a vitória e a vaga na final.

O outro finalista sai da partida entre Flamengo e América, também nesta sexta-feira, em Barueri (SP). A final será disputada no estádio do Pacaembu na próxima segunda-feira, dia 25 de janeiro, aniversário da cidade de São Paulo.