A semana começou quente na Toca da Raposa. Após o presidente Gilvan de Pinho Tavares confirmar as contratações de Sanchez Miño e Douglas Coutinho, foi a vez da direção do clube celeste negar que o zagueiro Dedé e o atacante Willian foram vendidos para o Palmeiras e futebol chinês, respectivamente. A informação foi dada via nota oficial, que segue abaixo na íntegra:

O Cruzeiro Esporte Clube esclarece que são infundadas as notícias veiculadas nas últimas horas sobre possíveis vendas de jogadores do Clube. Nossa diretoria jamais foi procurada ou consultada pela Sociedade Esportiva Palmeiras, no que diz respeito ao zagueiro Dedé, assim como também o Cruzeiro jamais foi procurado por qualquer clube da China que tivesse a intenção de contratar o atacante Willian.

O Cruzeiro Esporte Clube tem feito todas as transações com enorme transparência para que nossa torcida fique sempre consciente de todos os atos administrativos da diretoria do Clube.

Em entrevista à rádio Itatiaia, o presidente do Cruzeiro negou que esteja negociando o zagueiro Dedé. "Nosso planejamento é de reforçar e não desafazer. Sabemos que jogadores desse nível (Dedé e Willian) todo mundo quer, mas agora não estamos abertos para negociação. O Dedé está doido para voltar a jogar depois de um ano parado, assim como o Willian, que voltou a brilhar novamente nessa reta final de temporada. Ele quer conquistar troféus novamente como foi em 2013 e 2014", disse Gilvan.