O Módulo I do Campeonato Mineiro tem a mesma fórmula de disputa desde 2004. E em 16 das 17 edições já disputadas neste formato, já que em 2008 o América jogou o Módulo II, momentos especiais da fase classificatória foram os clássicos envolvendo os três clubes de Belo Horizonte. E o confronto entre Cruzeiro e Atlético, neste domingo, às 16h, no Mineirão, pela nona rodada, é importante nesta história.

Mandantes, os cruzeirenses tentam evitar que, pela primeira vez, sofram duas derrotas nos confrontos contra os rivais locais na primeira fase do Estadual.

Atlético Cruzeiro 2007

Em 2007, o Atlético venceu os dois clássicos da fase classificatória pela única vez, desde 2004. O Cruzeiro tenta evitar duas derrotas diante do seus rivais de Belo Horizonte

Visitantes, os atleticanos buscam uma façanha que alcançaram apenas em 2007, sob o comando de Levir Culpi: vencer os dois clássicos da fase classificatória do torneio.

Em 21 de março, na quinta rodada, o Cruzeiro já foi superado pelo América, por 1 a 0, em partida disputada no Estádio Independência. Agora, encara o Atlético tentando evitar a segunda derrota num clássico pela fase classificatória do Módulo I, o que nunca teve desde 2004.

Neste primeiro ano da fórmula atual de disputa, a Raposa marcou apenas um ponto nos jogos contra times da capital, pois perdeu para o Atlético (5 a 3) e empatou com o América (2 a 2).

Este desempenho foi repetido no Campeonato Mineiro do ano passado, quando os cruzeirenses empataram com os americanos (1 a 1) e perderam para os atleticanos (2 a 1).

2007

Uma semana depois de fazer 3 a 1 no América, em clássico pela sétima rodada do Estadual, o Atlético volta ao Mineirão tentando repetir o feito de 2007, quando venceu os dois rivais de Belo Horizonte na primeira fase da competição.

Fez 3 a 1 no Cruzeiro, de virada, em 10 de fevereiro, e aplicou 2 a 0 no América, em 18 de março, com os dois jogos sendo disputados no Mineirão.

Uma das marcas acontecerá, com os cruzeirenses tendo a “vantagem” do empate neste grande desafio que é encarar o poderoso Atlético, que entra em campo no Mineirão carregando o favoritismo para repetir a façanha de 2007.