Segue o drama do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro. Jogando na Arena do Grêmio, a Raposa foi derrotada por 2 a 0 para o Grêmio, nesta quinta-feira (5) e perdeu a chance de deixar a zona de rebaixamento.

Os gols do time gaúcho foram marcados por Ferreira, aos 21 minutos do segundo tempo, logo após o time celeste ficar com um jogador a menos, depois de Robinho se lesionar, e o técnico Adilson Batista já ter realizado as três substituições, e por Pepê, de pênalti, aos 39 minutos também da etapa final.

Com o revés – o 15º em 37 jogos  o Cruzeiro vai para última rodada do torneio precisando de um “milagre”.  Para não ser rebaixada, a equipe celeste tem que vencer o Palmeiras, no Mineirão, no domingo, às 16h, e torcer para que o Ceará, que tem dois pontos a mais na tabela, perca para o Botafogo, no Engenhão.

Grêmio x Cruzeiro

O jogo

Mesmo jogando fora de casa e carregando um jejum que agora chega a oito jogos sem vencer, o Cruzeiro foi superior ao Grêmio no primeiro tempo e no início da segunda etapa. O time celeste, inclusive, teve a principal chance de gol da primeira parte do jogo com Éderson, que quase fez um golaço por cobertura, aos 29 minutos.

Aos 13 minutos do segundo tempo, o lance capital da partida. Egídio fez bela jogada pela esquerda, rolou para trás e achou Robinho, que, de frente para o gol, foi travado no momento da batida. Além da chance perdida, o meia da Raposa torceu o joelho e deixou o time estrelado com um jogador a menos.

Com mais espaços em campo, o Grêmio se impôs e construiu os gols que lhe garantiram o triunfo.

Desfalques

Além da pressão e do péssimo momento do time, que chegou à quarta derrota seguida no Brasileirão, o técnico Adilson Batista vai ter que mandar a campo uma equipe bastante desfalcada contra o Palmeiras.

Diante do Grêmio, Edilson e Ariel Cabral receberam o terceiro cartão amarelo e cumprirão suspensão no domingo, assim como Egídio, que foi expulso na Arena do Grêmio e também ficará fora do duelo decisivo com o Palmeiras.

FICHA DO JOGO

GRÊMIO 2 X 0 CRUZEIRO

Motivo: 37ª rodada do Campeonato Brasileiro

Local: Arena do Grêmio

Árbitragem: André Luiz de Freitas Castro, auxiliado por Fabrício Vilarinho da Silva e Cristhian Passos Sorence, todos goianos

VAR: Wagner Reway (PB)

Gols: Ferreira aos 21 minutos e Pepê aos 39 minutos do segundo tempo para o Grêmio

Cartões amarelos: Edilson, Ariel Cabral e Cacá (Cruzeiro)

Cartão vermelho: Egídio (Cruzeiro)

 

GRÊMIO

Paulo Victor; Rafael Galhardo (Patrick), David Braz, Kannemann e Cortez; Michel e Matheus Henrique; Pepé, Diego Tardelli (Ferreira) e Everton Cebolinha; Luciano (Isaque)

Técnico: Renato Gaúcho

 

CRUZEIRO

Fábio; Edilson, Cacá, Léo e Egídio; Henrique, Ariel Cabral (Robinho) e Éderson; Orejuela (Ezequiel), David e Fred (Pedro Rocha)

Técnico: Adilson Batista