O 0,16% de chance de acesso que o Cruzeiro tem na Série B, segundo o site Probabilidades no Futebol, mantido pelo Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) é apenas porque existe 1 possibilidade em 600 disso acontecer.

E a análise histórica das marcas do acesso na Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro mostra que se a equipe de Luiz Felipe Scolari alcançar o milagre, será o time que subiu para a Série A com a menor pontuação na Era dos Pontos Corridos.

Cáceres lateral Cruzeiro OesteA derrota para o lanterna Oeste, na última quarta-feira (13), no Independência, deixa o Cruzeiro com 0,16% de chance de acesso na Série B do Campeonato Brasileiro

A menor marca para um clube alcançar o acesso foi registrada em 2007, na segunda edição da Série B com todos os clubes se enfrentando em ida e volta, quando 57 pontos seriam suficientes para um clube garantir presença na Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro, pois o Fortaleza foi o quinto colocado com 56.

Desde então, um clube nunca alcançou o acesso com menos de 60 pontos. Isso pode voltar a acontecer na edição de 2020, que invadiu o ano seguinte. Apesar da queda da marca do acesso, faltando quatro rodadas para o final da disputa o Cruzeiro está praticamente fora da briga pela volta à Série A.

O time de Luiz Felipe Scolari pode alcnçar, no máximo, os 56 pontos. Para isso, precisará que a edição de 2020 da Série B tenha a menor marca do acesso. O mais provável é que ela tenha mesmo o único grande que não subiu na Era dos Pontos Corridos.

arte

CLIQUE PARA AMPLIAR