Agora é oficial. O Real Madrid enviou a primeira proposta ao Cruzeiro para adquirir o volante Lucas Silva, de 21 anos. Entretanto, a diretoria celeste considerou a proposta abaixo do esperado. Gilvana Gilvan de Pinho Tavares já havia dito que não vende o jovem jogador por menos de 15 milhões de euros, cerca de R$ 46 milhões.

O valor oferecido a um dos destaques celestes no ano não foi divulgado, mas as negociações seguem em andamento. O jornal espanhol El País chegou a publicar que já há um acordo fechado entre os clubes. No entanto, ida de Lucas Silva pode ocorrer apenas em junho de 2015.

Ancelotti confirma o interesse

O treinador do Real Madrid, Carlo Ancelotti, confirma o interesse no volante do Cruzeiro. "É verdade que temos o interesse no Lucas Silva, mas não é só neste jogador, há outros que nos interessam. Se precisaremos dele depois do Mundial de Clubes, tomaremos essa decisão avaliando o que acontece com os meio-campistas que neste momento estão machucados – disse Ancelotti, referindo-se ao croata Luka Modric e também ao colombiano James Rodríguez, lesionado no último sábado.

Após a vitória sobre o Fluminense neste domingo, no Mineirão, por 2 a 1, o volante cruzeirense se mostrou empolgado com a possibilidade de jogar ao lado de Cristiano Ronaldo. "Desde criança, eu sempre acompanhei grandes jogos dele, desde o Manchester United, ainda mais no Real Madrid. Ele continua muito bem, fazendo a história dele, a carreira dele. Eu nunca imaginei, nunca esperava (que um dia jogariam juntos) e que talvez possa acontecer. Seria um sonho mesmo", disse o atleta.

Estreia pelo profissional em 2012

Escolhido como um dos volantes para compor a seleção do Brasileirão deste ano, o volante Lucas Silva é natural de Bom Jesus de Goiás-GO e é cria da base do Cruzeiro. Seu primeiro jogo com o time principal foi em julho de 2012, na vitória sobre a Portuguesa por 2 a 0, no Canindé, pelo Brasileirão daquele ano. 

O atleta já disputou 92 partidas e marcou quatro gols pelo time do Cruzeiro. Conquistou dois Campeonatos Brasileiros (2013 e 2014) e um Campenato Mineiro (2014).