Com três derrotas consecutivas, o Cruzeiro precisa vencer a todo custo a Portuguesa, nesta quarta-feira, se quiser frear a caminhada ladeira abaixo que vem trilhando no Campeonato Brasileiro desde a vitória sobre o Vasco, no fim de junho. Para isso, o técnico Celso Roth deve promover mudanças na equipe que entra em campo pela 10ª rodada, a partir das 20h30, no Estádio do Canindé, em São Paulo.

Apesar de fazer segredo, Roth indicou que uma das alterações deve ser a saída de Everton para a entrada de Ceará. Caso a mudança seja confirmada, Diego Renan será deslocado para a esquerda para o recém-contratado assumir a lateral direita.

Mas, se for escalado, Ceará deve permanecer em campo apenas parte do jogo, pois não está preparado fisicamente - ele avalia que tem condição de atuar por 45 minutos. "Vou tentar dar o máximo possível. O andamento da partida é que vai determinar", disse o lateral-direito.

Outra mudança no time em relação à última partida é a saída de Marcelo Oliveira para o retorno do volante William Magrão, que cumpriu suspensão automática. "Essa (derrota) para o Grêmio realmente abateu, porque o time foi muito mal. Deixa a gente preocupado. Vamos ver contra a Portuguesa", observou Roth.

Depois das três derrotas seguidas - para São Paulo, Inter e Grêmio -, o Cruzeiro caiu para o 10º lugar no Brasileirão, ainda com 14 pontos.