Início de 2019. Quatro são as equipes apontadas como grandes favoritas a conquistarem todos os torneios que disputarem durante o ano. Flamengo, Palmeiras, Grêmio e Cruzeiro, pela força de seus elencos e continuidade de trabalhos vencedores (exceto Flamengo) eram candidatos a todos campeonatos internacionais e internacionais que jogassem.

Seguindo o roteiro previamente imaginado, desconsiderando os percalços comuns ao futebol, a tabela do Brasileirão reservaria para as próximas rodadas, três partidas em que o Cruzeiro enfrentaria seus principais oponentes na luta pelo título brasileiro, já que a Raposa encara Grêmio, Palmeiras e Flamengo, em sequência.

A realidade, no entanto, não é bem essa. Sendo o único entre todos estes poderosos clubes que não disputará nenhuma taça até o final da temporada, o Cruzeiro tem como meta – nestas partidas e até o final do ano – se distanciar de vez da zona de rebaixamento e, na melhor das hipóteses, buscar uma vaga na Libertadores do ano que vem.

Problemas externos ao campo de jogo, estilo de jogo de Mano Menezes questionado, contratações de peso, como Rodriguinho e Pedro Rocha, rendendo abaixo do esperado e lideranças técnicas do elenco em má fase. Vários motivos podem ser citados para explicar a temporada frustrante da Raposa diante das expectativas criadas, mas o fato é que o Cruzeiro é, no momento, o “patinho feio” dentre os favoritos aos grandes títulos de 2019.

Realidades distintas

Embora a situação a Raposa seja a pior atualmente, já que as outras equipes ainda brigam por títulos importantes, Flamengo, Grêmio e Palmeiras também viveram momentos turbulentos na temporada.

Única equipe que permanece com o mesmo treinador que começou o ano, o Grêmio aposta todas suas fichas na Copa Libertadores, já que foi eliminado nas semifinais da Copa do Brasil e dificilmente terá forças para brigar pelo título do Brasileirão, uma vez que ocupa a 11º colocação no momento, a 14 de distância do líder Flamengo.

A equipe carioca talvez seja aquela que vive a maior lua de mel com sua torcida. Após um início de ano complicado, demissão de Abel Braga e eliminação da Copa do Brasil, o Rubro-negro prece ter encontrado o caminho das vitórias com o português Jorge de Jesus. Líder do Brasileirão e semifinalista da Libertadores, o Flamengo pratica, no momento, o futebol mais vistoso do país.

Mano Menezes terá a responsabilidade de manter o Palmeiras vivo na disputa do título nacional. O ex técnico do Cruzeiro assume o comando da equipe paulista após as eliminações da Libertadores e Copa do Brasil. Muito criticado por seus torcedores, o Porco está a seis pontos da liderança do Brasileirão, com um jogo a menos disputado.

Próximas três rodadas Cruzeiro

8/9         11h        Cruzeiro x Grêmio           Estádio Independência

14/9       19h        Palmeiras x Cruzeiro       Allianz Parque

21/9       19h        Cruzeiro x Flamengo      Mineirão

*Hugo Lobão sob supervisão de Thiago Prata