O primeiro objetivo foi alcançado pelo Cruzeiro na sua dura batalha na Série B do Campeonato Brasileiro. Com a vitória por 3 a 2, de virada, sobre o Guarani-SP, nesta terça-feira (11), no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, o time deixou a lanterna da competição.

Guarani Cruzeiro Série BRégis marcou o gol de empate do Cruzeiro em Campinas, logo depois de o Guarani abrir o placar, ainda no início da partida no Brinco de Ouro

A Raposa começou a Segundona com seis pontos a menos por causa de punição imposta pela Federação Internacional de Futebol Associado (Fifa), pelo não pagamento do empréstimo do volante Denílson, contratado no segundo semestre de 2016, na gestão de Gilvan de Pinho Tavares.

Depois de fazer 2 a 1 no Botafogo-SP, no último sábado, no Mineirão, os 3 a 2 sobre o Guarani permitiram ao Cruzeiro pagar a pena, chegar a zero ponto e ultrapassar o próprio Bugre, que acumulou sua segunda derrota.

O jogo

A partida começou movimentada e logo aos 2 minutos Waguininho abriu o placar para o Guarani. Aos 5, após boa assistência de Marcelo Moreno, Régis empatou. O centroavante boliviano decretou a virada cobrando pênalti polêmico sofrido por Maurício. Isso aos 29 da primeira etapa.

No segundo tempo, o Guarani pressionou bastante, teve a posse da bola e empatou aos 27 minutos, com um gol irregular de Didi, que estava impedido quando completou para a rede de Fábio.

Mas assim como na primeira etapa, o time de Enderson Moreira reagiu rápido. E após cobrança de escanteio da direita, o zagueiro Léo subiu mais que a defesa adversária e decretou os 3 a 2, aos 29 minutos.

O Cruzeiro volta a jogar pela Série B do Campeonato Brasileiro no próximo domingo, quando enfrenta o Figueirense, às 16h, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. A partida é válida pela terceira rodada da competição.

A FICHA DO JOGO

GUARANI 2
Jefferson Paulino; Pablo, Didi, Bruno Silva e Bidu; Deivid (Eduardo Person), Arthur Rezende (Giovanny) e Lucas Crispim; Waguininho, Júnior Todinho (Rafael Costa) e Bruno Sávio. Técnico: Thiago Carpini

CRUZEIRO 3
Fábio; Cáceres, Léo, Cacá e Giovanni (João Lucas); Jadsom (Welinton), Ariel Cabral, Jean, Régis (Claudinho) e Maurício (Riquelmo); Marcelo Moreno (Thiago). Técnico: Enderson Moreira

DATA: 11 de agosto de 2020
ESTÁDIO: Brinco de Ouro
CIDADE: Campinas
MOTIVO: 2ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
GOLS: Waguininho, aos 2, Régis, aos 5, e Marcelo Moreno, aos 29 minutos do primeiro tempo; Didi, aos 27, Léo, aos 29 minutos do segundo tempo
ARBITRAGEM: Ivan da Silva Guimarães Junior, auxiliado por Uescelei Regison Pereira dos Santos e Dimmi Yuri das Chagas Cardoso, todos do Amazonas.
CARTÕES AMARELOS: Thiago Carpini, Bruno Silva e Pablo (Guarani); Régis, Marcelo Moreno, Enderson Moreira (Cruzeiro)