O Cruzeiro segue em  péssimo momento no Campeonato Brasileiro da Série B. Jogando no Mineirão, a Raposa voltou a apresentar um futebol pobre e perdeu por 1 a 0 para o Avaí, na noite desta sexta-feira (25), em duelo da 11ª rodada do torneio.

A equipe catarinense chegou ao triunfo com um gol de Pedro Castro, de cabeça, aos 33 minutos, após cruzamento de Getúlio pela esquerda. 

Com o resultado, o time celeste permaneceu com oito pontos, na 15ª colocação na tabela de classificação.

Entretanto, dependendo dos resultados deste sábado, a equipe comandada pelo técnico Ney Franco pode terminar a rodada na zona de rebaixamento.

Caso o Guarani (16º) some ao menos um empate com o Figueirense, em Campinas, o CSA (19º) vença o Juventude, em Maceió, e o Oeste (20º), vença o Vitória, em Salvador, o time estrelado  cai para a 18ª colocação. 

O Avaí, que vinha de três derrotas na competição, chegou aos 13 pontos e subiu para a 11ª colocação.

Muito pressionada, a Raposa volta a campo na próxima quarta-feira (30), para enfrentar a Ponte Preta, às 19h15, novamente no Mineirão.

Um dia antes, o Leão da Ilha vai fazer o clássico com o Figueirense, às 19h15, no estádio da Ressacada, em Florianópolis.

O jogo

O Cruzeiro iniciou a partida tomando a iniciativa da ações ofensivas, acuando o Avaí no seu campo de defesa.

Entretanto, apesar da maior posse de bola, a Raposa voltou a esbarrar na falta de criatividade e pouco ameaçou o gol da equipe catarinense.

No segundo tempo, mesmo com as entradas de Marquinhos Gabriel e Régis, o panorama foi o mesmo.

Com muita disposição, mas pouco repertório ofensivo, o ataque celeste não conseguiu furar o bloqueio da defesa do Leão da Ilha.

Apesar da dificuldade em criar chances claras de gol, o time celeste poderia ter aberto o placar aos 16 minutos do segundo tempo.

Daniel Guedes cruzou pela direita, Arthur Caíke apareceu livre para cabecear para o gol, mas foi empurrado por Arnaldo, errando o alvo.

Apesar da reclamação da equipe estrelada, o árbitro Alexandre Vargas Tavares de Jesus não marcou a penalidade.

No lance, o atacante da Raposa se chocou com a trave e teve que deixar o jogo com um corte profundo no braço.

O castigo para o time comandado pelo técnico Ney Franco veio aos 33 minutos do segundo tempo. Em rápido contra-ataque pela esquerda, Getúlio cruzou na cabeça de Pedro Castro, que cabeceou no canto esquerdo de Fábio para marcar o gol do jogo. 

Nos minutos finais, a equipe celeste tentou uma pressão, mas desorganizada em campo, e visivelmente nervosa, não conseguiu ameaçar a meta do goleiro Lucas Frigeri. 

FICHA DO JOGO

CRUZEIRO 0 X 1 AVAÍ

Motivo: 12ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Local: Mineirão

Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ)

Auxiliares: Thiago Rosa de Oliveira e Daniel do Espírito Santo Barros

Cartões amarelos: Daniel Guedes e Cacá (Cruzeiro); Renatinho e Kunde (Avaí)

Gol: Pedro Costa, aos 33 minutos do segundo tempo

CRUZEIRO – Fábio; Daniel Guedes (Rafael Luiz), Manoel, Cacá e Matheus Pereira; Ariel Cabral (Ramon) e Filipe Machado; Airton (Régis), Maurício (Marquinhos Gabriel)  e Arthur Caíke (Thiago); Marcelo Moreno. Técnico: Ney Franco

AVAÍ - Lucas Frigeri; Felipe (Arnaldo), Rafael Pereira (Kunde), Airton e Capa; Ralf, Jean Martim, Pedro Castro e Renatinho (Valdívia) ; Rildo (Vinícius Jaú) e Gastón Rodríguez (Getúlio). Técnico: Geninho