É um buraco cada vez mais fundo e difícil de sair. Com o empate em 1 a 1 com a Chapecoense, em Santa Catarina, nesse domingo (13), o Cruzeiro completou o oitavo jogo seguido sem vencer no Campeonato Brasileiro. A última vitória aconteceu contra o Vasco - 1 a 0, no Mineirão, pela 17ª rodada, no dia 1º de setembro.

A soma do jejum atual com os 11 jogos sem vencer, entre a quarta e a 14ª rodadas, é igual a um turno (19 partidas) sem vitórias na competição. “Quando a fase não é boa, são percalços que acontecem, você busca explicação e não entende", lamentou o técnico Abel Braga. 

Cruzeiro


Os tropeços em sequência deixam a Raposa em situação complicada na tabela, na 18ª colocação, com apenas 22 pontos - quatro a menos que o Ceará, primeiro clube fora da zona da degola. Restando 13 jogos para o término do Brasileirão, a probabilidade do Cruzeiro ser rebaixado é de 73,1%, segundo o Departamento de Matemática da UFMG.

O time celeste tentará reencontrar o caminho das vitórias contra o São Paulo, quarta-feira (16), às 21h, no Mineirão. 

Tabela