Após conquistar quatro de seis pontos disputados em casa, o Cruzeiro terá dois compromissos complicados longe de Belo Horizonte pelo Campeonato Brasileiro. O time celeste empatou com o Avaí na última rodada e agora precisará buscar a reabilitação diante do São Paulo e do Sport para subir na classificação. O time retornou às atividades na manhã desta quarta-feira (22) na Toca da Raposa II após dois dias de folga. Os reservas fizeram atividades físicas, enquanto os titulares foram para a caixa de areia.
 
Vanderlei Luxemburgo deverá ganhar duas opções para armar o ineficiente setor ofensivo, com as possíveis voltas de Alisson, que se recupera de contusão, e Marquinhos, que não se acertou com o Al-Sharjah e pode voltar a ser relacionado pelo comandante azul. Joel, Bruno Rodrigo, Judivan, Júlio Baptista e Dedé seguem no departamento médico e não estão aptos a atuar.
 
"Foi o Cruzeiro que não aceitou a proposta, falou para eu permanecer. Vida que segue, vou procurar meu espaço para ajudar a equipe. A gente tem que respeitar, tenho contrato no Cruzeiro, meu foco é aqui. o importante é estar aqui com a cabeça erguida para estar a disposição do treinador. o Luxemburgo preferiu não me levar no domingo, mas vou seguir dando meu máximo", afirmou Marquinhos.
 
"O mais importante é trabalhar, tem vários jogadores que querem estar entre os 11 para estar à disposição do treinador. Sempre trabalho em função do que o treinador pede, posso jogar de lateral, de zagueiro. Vou trabalhar para conquistar meu espaço", concluiu.
 
O Cruzeiro ocupa, atualmente a 12ª colocação na competição com 17 pontos conquistados. Com isso, o bicampeão Brasileiro está mais próximo da zona de rebaixamento (4 pontos de vantagem para o Santos) do que da classificação para a Libertadores (10 pontos atrás do Sport).
 
Contudo, as próximas duas partidas serão boas oportunidades para tirar pontos dos times que brigam na parte de cima da tabela. O primeiro confronto será contra o São Paulo no domingo às 16 horas no Morumbi. O tricolor paulista ocupa atualmente a sétima colocação com 24 pontos, sete de vantagem para a Raposa.
 
Depois, o time retorna a Belo Horizonte onde terá outra semana cheia para se preparar para enfrentar o Sport na semana seguinte, no domingo 2 de agosto na Arena Pernambuco às 18h30.
 
Para conquistar os resultados o Cruzeiro precisa superar o retrospecto ruim como visitante nessa edição do Brasileiro. Com duas vitórias e cinco derrotas em sete jogos, o time celeste conquistou apenas 28,57% de aproveitamento com seis pontos angariados de 21 possíveis.
 
A Raposa trabalha em dois períodos nesta quarta e treina a tarde na quinta e na sexta-feira e na manhã de sábado antes de viajar para São Paulo.