Apesar do Cruzeiro precisar de uma vitória para reagir na briga contra o rebaixamento, o técnico Abel Braga gostou da atuação da equipe no empate em 1 a 1 contra o Internacional, no Mineirão, na noite desse sábado (5). Segundo o treinador, o time celeste atacou o Colorado, o que foi importante para ter o apoio do torcedor no estádio. 

"O que foi de mais importante hoje? O resultado não foi o que nós queríamos, mas era o que nós merecíamos. No primeiro tempo, mesmo tomando o gol, passamos 59% de posse de bola no campo ofensivo. Hoje criou-se novamente uma identidade com o torcedor. Foi algo fantástico. Eles viram a luta do time jogando com oito jogadores no campo de ataque. Às vezes o Inter chegou por erros nossos, o que é normal. Mas sufocar o adversário no campo de ataque trouxe nosso torcedor. Sofremos um gol cedo, com quatro toques de primeira do time deles. Eles têm um coletivo muito forte. Mas não nos abalamos com o gol. Começamos a apertar. Essa identidade é fundamental neste momento. Que na quarta-feira a gente possa conseguir o resultado positivo", destacou Abel Braga. 

O Cruzeiro vem sofrendo para marcar gols.. Contra o Inter, mais uma vez, os erros de finalizações apareceram. O treinador cruzeirense lamentou a fase negativa do ataque celeste e ressaltou que tem aprimorado este quesito nos treinamentos. 

“A finalização a gente começou com a trabalhar com o Leomir (auxiliar-técnico). Faz este trabalho juntamente com o Ricardo (Resende), com o Fábio Moreno (auxiliar-tecnico). Não entrou, mas vai entrar”, disse. 

Na 17ª colocação com 20 pontos, o próximo jogo do Cruzeiro é considerado mais uma decisão. A Raposa enfrentará o Fluminense em um confronto direto na luta contra o rebaixamento, quarta-feira (9), às 21h30, no Mineirão.