Que o clima não anda ameno no Cruzeiro não é nenhuma novidade. E está refletido no semblante dos jogadores. Com cara de poucos amigos, os atletas se reapresentaram nesta segunda-feira (17), na Toca da Raposa II, pensando no confronto contra o Palmeiras na quarta-feira, às 22h, na Arena Palmeiras, pela partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

As brincadeiras e risadas habituais nos treinamentos foram trocadas por semblantes sérios. Enquanto os reservas participaram de uma atividade no campo sob a orientação do auxiliar Deivid, os titulares realizaram um trabalho regenerativo na academia.

O objetivo é esquecer o Campeonato Brasileiro, pelo menos momentaneamente, e focar na Copa do Brasil. A Raposa está em situação delicada na Série A. O time amarga a14ª colocação do Nacional com apenas 22 pontos, três a mais que o Goiás, primeiro integrante da zona de rebaixamento.

Devido ao mau momento, Vanderlei Luxemburgo estuda a possibilidade de poupar os titulares no confronto frente ao Palmeiras. Nesta terça-feira pela manhã, o comandante realiza o último treinamento antes do embate.

Na atividade desta segunda, a novidade foi a presença do lateral-direito Ceará, recuperado de uma lesão muscular na coxa direita. Ele foi liberado pelo departamento médico.

Serão desfalques certos para o jogo desta quarta-feira, Marinho, por já ter atuado pelo Ceará na Copa do Brasil nesta temporada, e o zagueiro Léo, que continua vetado por contusão. O defensor celeste sente ainda sente dores no joelho direito. Ele sofreu uma entorse na região na partida com o Joinville, disputado na última quinta-feira, e já havia ficado fora do jogo com o Internacional, no último domingo, pois estava com um inchaço no local.