O Cruzeiro divulgou em seu site oficial nesta sexta-feira (7) uma nota sobre a liberação da venda de bebidas alcoólicas no Mineirão e fez um apelo à torcida. Nesta semana, o governador Fernando Pimentel sancionou a Lei 21.737 que permite a venda de bebidas alcoólicas nos estádios de todo o território mineiro. A medida já valerá para a partida entre Cruzeiro e Palmeiras, no próximo domingo, às 16h, no Mineirão, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Em sua nota, o Cruzeiro solicitou que a torcida respeite as regras estabelecidas. "Dessa maneira, o Maior de Minas faz um apelo à nação azul, solicitando que a mesma respeite as regras estabelecidas e contribua para uma melhora gradativa do espetáculo, visando sempre a harmonia nos campos de futebol", destaca a nota.

Ainda de acordo com o texto, se as normas - como o consumo e comércio de bebida alcoólica na arquibancada e nas cadeiras - forem desobedecidas, "o infrator estará sujeito a aplicação de multa pelo poder público, bem como o Clube poderá vir a ser prejudicado", concluí.

Veja a nota divulgada pelo clube:

Nota sobre a liberação da venda de bebidas alcoólicas no Mineirão

Na última quinta-feira, o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, sancionou a Lei 21.737, que permite a venda de bebidas alcoólicas nos estádios do estado. Diante disso, a Minas Arena, concessionária que administra o Mineirão, liberou a comercialização da cerveja para a partida deste domingo, entre Cruzeiro e Palmeiras, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Assim sendo, o Cruzeiro Esporte Clube reitera o seu posicionamento de estar a favor de qualquer medida que beneficie o entretenimento das famílias e proporcione ainda mais comodidade e diversão aos cruzeirenses, desde que todo esse processo seja realizado com respeito à segurança dos torcedores.

Dessa maneira, o Maior de Minas faz um apelo à nação azul, solicitando que a mesma respeite as regras estabelecidas e contribua para uma melhora gradativa do espetáculo, visando sempre a harmonia nos campos de futebol.

De acordo com a lei, a venda acontecerá nos bares inferiores do estádio, atendendo a todos os setores. Porém, ainda continua proibido o acesso de alimentos e bebidas ao campo, assim como o consumo e comércio de bebida alcoólica no estacionamento, na arquibancada e nas cadeiras do Gigante da Pampulha.

Se tais normas forem desobedecidas, o infrator estará sujeito a aplicação de multa pelo poder público, bem como o Clube poderá vir a ser prejudicado.