Ganhando ou perdendo, Vanderlei Luxemburgo será o técnico do Cruzeiro até o final da temporada, pelo menos. Esta é a palavra do presidente Gilvan de Pinho, segundo a assessoria do clube celeste.

Na tarde de terça-feira (25), a reportagem de Hoje em Dia recebeu a informação de que a Raposa havia procurado o técnico Cuca, atualmente no Shandong Luneng, e que ele havia recusado a sondagem estrelada. Porém, a busca por Cuca ou por qualquer outro treinador é desmentida pelos celestes, que esperam que Luxemburgo consiga melhorar a situação em campo. Guto Ferreira, ex-técnico da Ponte Preta e hoje sem clube, fora outro nome especulado.

Na cabeça do presidente do clube, trocar mais uma vez o comando técnico seria um tiro no pé. Contratar um novo treinador seria um grande risco, já que o novo profissional precisaria de muito tempo para conhecer bem o elenco e colocar em prática uma outra filosofia de trabalho. Outro argumento do clube é a falta de tempo que Vanderlei tem para encaixar e entrosar o time. A sequência pesada de jogos e a falta de tempo para treinamentos mais específicos são os principais problemas do treinador.

Na 15ª colocação no Brasileiro, o Cruzeiro luta para escapar da zona do rebaixamento. Com 22 pontos somados, os mineiros estão a um do Coritiba, primeiro clube a abrir o chamado "Z-4".
 
Pela Copa do Brasil, a Raposa entra em campo nesta quarta-feira (26) e busca uma vitória contra o Palmeiras para avançar para as quartas de final da competição. O duelo, no Mineirão, será às 22h. A primeira partida terminou 2 a 1 para o clube paulista.