Cruzeiro e River Plate se reencontram nesta terça-feira, às 19h15, no Mineirão, pelo segundo jogo das oitavas de final da Libertadores. Quem vencer, avança para a próxima fase. Empate com gols elimina a Raposa. Um novo 0 a 0 leva a decisão da vaga para os pênaltis.

Em campo, seis títulos de Libertadores e muita tradição do futebol sul-americano. Apesar do último encontro em mata-mata não ter sido de boas lembranças para os cruzeirenses (eliminação das quartas de final da Libertadores em 2015), o retrospecto geral do confronto apresenta ampla vantagem celeste. Ao todo, são 16 jogos disputados, com 11 vitórias da Raposa, seis triunfos do River e um empate. 

Inclusive, o Cruzeiro conquistou sobre o time millonário três títulos - Libertadores em 1976, Supercopa em 1991 e Recopa em 1999.

A primeira Libertadores

Cruzeiro 76

O dia 30 de julho de 1976 é histórico para o cruzeirense. Foi nesta data que o Cruzeiro venceu o River Plate por 3 a 2, em Santiago, e conquistou a primeira Libertadores. Por coincidência, as duas equipes voltam a se enfrentar novamente em um 30 de julho. 

Um dos grandes personagens daquele jogo, o ex-ponta-esquerda Joãozinho, autor do gol do título - em cobrança de falta despretenciosa e irresponsável -, comentou ao Hoje em Dia sobre essa grande coincidência de datas em jogos envolvendo os finalistas de 1976.

"É sim uma grande coincidência, não tinha parado para pensar nisso. Lógico que é um detalhe importante, mais um motivo para vencer e se classificar. Todo jogador tem essa vontade de ganhar, e esse é um incentivo a mais. E que incentivo!", disse Joãozinho ao HD.

A partida em Santiago foi um tira-teima já que o Cruzeiro havia vencido o jogo em Belo Horizonte, o River Plate em Buenos Aires, e naquela época o regulamento previa um jogo em campo neutro para decidir o grande campeão. 

A primeira Supercopa

Cruzeiro 91

Depois de perder o primeiro jogo da decisão da Supercopa Libertadores de 1991 por 2 a 0, em Buenos Aires, o Cruzeiro conseguiu uma virada histórica no Mineirão. Com dois gols de Mário Tílico e um de Ademir, a Raposa venceu o time millonário por 3 a 0 e conquistou o torneio pela primeira vez.


A Recopa

Por falta de datas, a final da Recopa de 1997 foi disputada em 1999. Por curiosidade, as partidas também valiam como pontuação para a primeira fase da Copa Mercosul. No Mineirão, o Cruzeiro fez 2 a 0 e, na segunda partida, em Buenos Aires, o time celeste fez 3 a 0 com tranquilidade e conquistou a competição. 

Confira todos os encontros entre Cruzeiro e River:

1976 

Cruzeiro 4x1 River Plate (Mineirão) – Final da Libertadores
River Plate 2x1 Cruzeiro (Monumental de Núñez) – Final da Libertadores
River Plate 2x3 Cruzeiro - (Nacional de Chile) – Final da Libertadores
*Cruzeiro campeão da Libertadores

1985
Cruzeiro 1x0 River Plate (Mineirão) – Amistoso

1991
River Plate 2x0 Cruzeiro (Monumental de Núñez) -  Final Supercopa
Cruzeiro 3x0 River Plate (Mineirão) – Final Supercopa
*Cruzeiro campeão da Supercopa da Libertdores

1992
Cruzeiro 2x0 River Plate (Mineirão) – Quartas de final Supercopa
River Plate 2x0 Cruzeiro (Monumental de Núñez) - Quartas de final Supercopa

1998
River Plate 1x2 Cruzeiro (Monumental de Núñez) - Copa Mercosul
Cruzeiro 2x0 River Plate (Mineirão) - Copa Mercosul

1999
Cruzeiro 2x0 River Plate (Mineirão) Copa Mercosul 1999/Recopa 1998
River Plate 0x3 Cruzeiro (Monumental de Núñez) Copa Mercosul 1999/Recopa
*Cruzeiro campeão da Recopa

2015
River Plate 0x1 Cruzeiro (Monumental de Núñez) - Libertadores
Cruzeiro 0x3 River Plate (Mineirão) – Libertadores

2019
River Plate 0x0 Cruzeiro (Monumental de Núñez) - Libertadores