O Cruzeiro sempre foi um celeiro de grandes revelações. Dirceu Lopes, Natal, Joãozinho, Ronaldo e Ricardinho são alguns exemplos de atletas que começaram na Raposa e desfilaram talento no mundo da bola. 

A busca por revelações é incessante, mas nem sempre exitosa quando os atletas estouram a idade no time júnior e tentam fazer sucesso em alguma equipe profissional. 

Os títulos e as boas campanhas do Cruzeiro nas divisões de base continuam acontecendo em profusão, como o vice-campeonato da Copa do Brasil Sub-20 nesta semana. Apesar da derrota nos pênaltis para o Palmeiras, no Independência, nessa quinta-feira (16), bons nomes ganharam destaque, como Ederson, Maurício e Vinícius Popó.  

O desafio cruzeirense agora é transformar os talentos das divisões inferiores do clube em jogadores de ponta no futebol profissional. Do time Sub-20 que conquistou o Campeonato Brasileiro e a Supercopa do Brasil há pouco menos de dois anos, por exemplo, nenhum jogador, ainda, conseguiu se firmar no futebol.

Basta olhar a escalação do Cruzeiro que enfrentou o Coritiba, na final do Brasileiro da categoria, no dia 20 de outubro de 2017:  Vitor Eudes; Lucas Soares, Gustavo Rissi, Cacá e VIctor Luiz; Márcio, Vander, Nickson, Thonny Anderson e Marcelo; Jonata (Cesinha). 

É verdade que alguns jogadores, como o zagueiro Cacá, ainda tem idade para jogar na base, mas também é fato que todos atletas buscam espaço entre os profissionais, seja no Cruzeiro ou em outro clube. 

O meia-atacante Thonny Anderson era um dos destaques do time júnior cruzeirense em 2017, mas não recebeu muitas oportunidades no time principal com o técnico Mano Menezes. No ano passado, se transferiu para o Grêmio, que emprestou o atleta ao Athletico-PR neste mês. 

Base no time principal em 2019

Nenhum jogador revelado pelo Cruzeiro é titular no time principal deste ano. Atualmente, o elenco profissional da Raposa conta com os seguintes pratas da casa: Rafael, Fabrício Bruno, Murilo e Lucas Silva. 

Além deles, alguns jovens, como o zagueiro Cacá, o volante Ederson, os meias Michel e Maurício e o atacante Vinícius Popó, são aproveitados nos elencos da equipe principal e do time sub-20.

Olho neles

Apesar do baixo aproveitamento da base nos últimos anos, o time cruzeirense que chegou à final da Copa do Brasil Sub-20 é composto por atletas cercados de boas expectativas no Clube. O zagueiro Cacá, o volante Ederson e o atacante Vinícius Popó são tidos como promessas que podem render retornos técnico e financeiro ao Cruzeiro.