A oportunidade não escolhe momento. Assim o jovem Edu, de 19 anos, define a chance que pode surgir em um jogo cercado de tensão, quarta-feira, às 21h30, no Mineirão, contra o Fluminense. Será um confronto direto na briga contra o rebaixamento.

Além de ausências confirmadas de Cacá, suspenso pelo acúmulo de três cartões amarelos, e Léo, com fratura na clavícula, o técnico Abel Braga ainda aguarda a situação de Dedé, que se recupera de dores no joelho. Se o camisa 26 não tiver condições de jogo, Edu, de 1,84m, poderá fazer a estreia pelo time principal do Cruzeiro.

“Estou esperando isso, trabalhando muito. Meu sonho é jogar pelo Cruzeiro, fazer história aqui. Eu vi o Fabrício Bruno e o Cacá, a oportunidade chegou e eles deram conta do recado”, destacou Edu.

O belorizontino, que se declara fã de Dedé, foi acionado para se juntar ao grupo principal do Cruzeiro depois da venda de Murilo para o Lokomotiv Moscou, da Rússia, em junho. Neste período, o jovem jogador trabalhou com Mano Menezes, Rogério Ceni e Abel Braga.

Diante de um cenário turbulento, Edu revelou que o atual treinador da Raposa conversa constantemente com os jovens jogadores para passar tranquilidade.  “O Abel conversa muito com nós jovens que qualquer hora, qualquer momento vai ter a oportunidade. Agora é chegar lá e dar conta do recado”, disse.

No Cruzeiro desde 2014, quando tinha 13 anos, Edu colecionou títulos pelas categorias de base da Raposa. Desde então, o belorizontino viu Wallace, Bruno Viana, Murilo, Arthur, Fabrício Bruno e Cacá, todos zagueiros revelados pelo clube, jogarem pelo time principal cruzeirense.  

Características

Célio Lúcio, ex zagueiro do Cruzeiro nos anos 90 e atualmente técnico do time sub-20 do clube, não poupou elogios para Edu. Trabalhando nas categorias de base da Raposa desde 2011, o comandante da equipe júnior destacou que o jovem zagueiro está preparado para a missão contra o Fluminense. 

“É um atleta com potencial alto para dar sequência no profissional. Tem boa técnica, com passe entre linhas, muito boa antecipação e bom posicionamento defensivo no cabeceio. Além disso, destaque para a leitura de jogo dele”, comentou Célio Lúcio. 

Interesse holandês

Com boas atuações nas categorias de base do Cruzeiro, Edu despertou interesse do PSV, da Holanda, no ano passado. A diretoria celeste considerou a proposta de 900 mil euros pequena para um jogador em franca evolução.

Para se precaver do assédio de outros clubes da Europa, Edu teve contrato estendido com a Raposa até 2023.