O duelo entre São Raimundo-RR e Cruzeiro, nesta quinta-feira (11), às 21h30 (horário de Brasília), marca a reinauguração do estádio Flamarion Vasconcelos, o Canarinho, em Boa Vista.

A demora para a conclusão das obras chama atenção. A reforma foi iniciada em 2012 e seria finalizada em 2014, sendo anunciado pelo Governo da época como uma das subsedes da Copa sediada no Brasil. 

O estádio tem capacidade para cerca de 4.500 pessoas e teve um custo de 34 milhões de reais aos cofres públicos. Boa parte dos recursos é oriundo do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). 

Canarinho


O gramado é uma das preocupações para as equipes. O novo 'tapete', que conta com uma nova drenagem, ainda não apresenta as melhores condições por causa das placas de grama que podem se soltar. “Pode ficar um jogo mais vivo, mais rápido, que dificulta o jogo de toque de bola do Cruzeiro”, destacou o técnico Adilson Batista.