Leandro Damião parece outro jogador. Trocar a camisa do Santos pela do Cruzeiro mudou o astral do atacante de 25 anos. Os números não mentem. Pelo menos neste começo de temporada, o rendimento do “homem gol” da Raposa é positivo. Em cinco jogos no Campeonato Mineiro, o camisa 9 fez os mesmos cinco gols que no Paulistão 2014, quando entrou em campo 13 vezes.
 
Artilheiro do Estadual, ao lado de Luiz Eduardo, da Caldense, e passando em branco nas duas primeiras rodadas da Libertadores, Damião tem média de 0,7 gol por jogo, superando a de 0,4 pelo Peixe. “Quero continuar assim, mas espero que a gente possa vencer o próximo jogo”, comentou Damião após o empate em 1 a 1 com o Atlético, domingo.
 
Emprestado até dezembro ao Cruzeiro, o camisa 9 tem a confiança do técnico Marcelo Oliveira. “Trouxemos o Damião não para recuperá-lo, mas porque tem potencial para fazer um bom trabalho aqui”, afirmou o treinador.
 
Contratado pelo Santos por R$ 42 milhões, junto ao Internacional, Damião fez apenas 11 gols no ano passado. Pelo Inter, ele marcou 13 gols em 2013, 24 em 2012 e 35 em 2011. O centroavante tem contrato de empréstimo com o Cruzeiro até dezembro.
 
Uruguaio convocado
 
O Cruzeiro não poderá contar com o meia Arrascaeta em três partidas do Estadual. Convocado para o amistoso da seleção uruguaia, dia 28, contra o Marrocos, ele ficará de fora contra América, Mamoré e U.R.T.
 
Para o jogo desta quarta-feira (11), às 22h, contra o Villa Nova, em Sete Lagoas, Marcelo Oliveira perdeu o meia William, com problema no púbis, e o volante Willians, com cansaço muscular. O lateral-esquerdo Mena, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, também está fora.