Conhecido no circuito do MMA nacional pelo apelido de Queijinho, o mineiro Nikolas Motta, é considerado um dos melhores nocauteadores. Provando sua fama, no último fim de semana ele fez mais uma vítima. Com uma avassaladora sequência de socos e chutes altos ele nocauteou Jaciel de Souza, da Relma Team, no primeiro round, no Shooto 50, em Rio Bonito (RJ), disputado na última sexta-feira (3).

As mãos pesadas já renderam a Queijinho seis vitórias em sete lutas, sendo cinco delas por nocaute. Mesmo assim, o lutador se precaveu antes de mostrar porque é tão temido. Antes de atacar ele preferiu estudar Jaciel de Souza. Ao notar que o rival buscava o jogo em pé, priorizando a trocação, partiu para cima com pesados golpes.

"Não conhecia muito do estilo de jogo do meu adversário. O estudei logo no começo da luta e depois me senti à vontade para soltar os meus golpes. Felizmente, todo o treino e a dedicação nos últimos meses valeram a pena e o meu jogo prevaleceu. Consegui mais um nocaute para a minha carreira", definiu.

Natural de Governador Valadares, Nikolas Motta, de 21 anos, esperar continuar evoluindo em seus treinamentos na Nova União. "O meu objetivo é semelhante ao de todos os lutadores. Busco a evolução e o caminho das vitórias. Sei que esse trabalho vai me levar a lutar contra os mais fortes adversários e nos maiores eventos de MMA do mundo", sonha o lutador.