Thiago Neves havia revelado nesta semana que gostaria de ser decisivo também em momentos complicados. O objetivo foi cumprido, pelo menos, no primeiro jogo após a declaração. 
 
Alvo de críticas e considerado o responsável pela saída do técnico Rogério Ceni, o armador viveu uma noite para se comemorar. O camisa 10 fez o gol da vitória sobre o Tricolor por 1 a 0 e, desta vez, teve o nome gritado pela torcida cruzeirense no estádio. 
 
thiago nevesO armador marcou o gol da vitória aos 12 minutos do segundo tempo

"A cobrança sempre vai existir. Sou maduro o suficiente, sou cascudo para cobrança. Sou o camisa 10 do time, um dos principais jogadores, então, algumas coisas eu soube escutar. Todos os jogos vou correr, vou me dedicar. Hoje, mais uma vez, foi assim, mas fui premiado com o gol. Feliz com a atuação do time. A gente mereceu a vitória", destacou Thiago Neves.

​Foi um dos gols mais importantes com a camisa do Cruzeiro. Por isso, diante da pressão que cerca o elenco, Thiago Neves extravasou na comemoração. 
 
"Eu não sabia nem o que fazer. Não sabia se corria para a torcida ou se comemorava com o banco. mas era um alívio. Em jogos assim, quando sai ganhando, tem grandes chances de sair com a vitória. Mas a caminhada para sair la de baixo continua", disse.
 
Com nove gols, Thiago Neves é o vice-artilheiro do time na temporada. Para Abel Braga, um homem de confiança em campo para tentar tirar o Cruzeiro da zona de rebaixamento.