Entre 21 de dezembro de 2013, quando dirigiu o Atlético pela última vez, na vitória por 3 a 2 sobre o Guangzhou, da China, na disputa do terceiro lugar do Mundial de Clubes da Fifa, e 2 de março de 2021, quando deve chegar a Belo Horizonte para acertar seu retorno à Cidade do Galo, no futebol brasileiro, Cuca trabalhou apenas no futebol paulista e a única taça erguida em seu país no período é justamente a mais cobiçada pelo novo clube: a do Campeonato Brasileiro.

A informação de que Cuca chega nesta terça-feira (2) à capital mineira para acertar detalhes da sua volta ao Atlético é do jornalista Héverton Guimarães, da Band. No meio da tarde do último sábado (27), o Hoje em Dia, com base em informações do repórter Rafael Pfeiffer, da Rádio Guaíba, já noticiava que Renato Gaúcho, plano A do Galo, não tinha respondido ao clube dentro do prazo esperado pela diretoria por estar comandando o Tricolor na decisão da Copa do Brasil contra o Palmeiras, que começa neste domingo (28).

Cuca técnico Atlético 2013

O maior título conquistado pelo treinador Cuca foi a Copa Libertadores de 2013, pelo Atlético. Até então, apesar de bobs trabalhos em vários clubes, ele não tinha o reconhecimento que passou a ter

No futebol chinês, para onde foi logo depois de deixar o Atlético, em dezembro de 2013, Cuca venceu a Copa da China (2014) e a Supercopa da China (2015) pelo Shandong Luneng.

A partir de março de 2016, quando retornou ao Brasil, Alexis Stival viveu uma ciranda entre três grandes clubes de São Paulo, a começar pelo Palmeiras, onde foi campeão brasileiro nesta primeira temporada de retorno ao país assumindo a equipe no lugar de Marcelo Oliveira.

Depois deste título, com o alviverde paulista encerrando um jejum de 22 anos sem ganhar a principal competição nacional, Cuca só conseguiu destaque no trabalho recente no Santos, vice-campeão da Copa Libertadores com um elenco recheado de garotos das categorias de base por causa da grave crise financeira do clube.

Carreira

Cuca mudou de patamar como treinador em 2003, no primeiro Brasileirão por pontos corridos, quando fez grande campanha de recuperação com o Goiás, sensação do returno daquela edição.

Isso o levou ao São Paulo em 2004, quando foi semifinalista da Libertadores. Uma grande marca foi o ótimo trabalho, embora sem títulos, no Botafogo, entre 2006 e 2008, período em que seu time foi carrasco atleticano.

Em 2009, a primeira taça foi conquistada no Flamengo, o Campeonato Carioca, mas ele foi demitido no início do Brasileirão, que o clube conquistou sob o comando de Andrade.

Nesta temporada fez campanha espetacular com o Fluminense no segundo semestre, salvando o time do rebaixamento quando ele era quase uma certeza e ficando com o vice-campeonato da Copa Sul-Americana.

Em 2010, foi vice da Série A com o Cruzeiro, ficando apenas dois pontos atrás do Fluminense que ele tinha salvado da queda na temporada anterior.

Outro patamar

Em 2011, logo depois de deixar a Toca da Raposa II, onde foi campeão mineiro, Cuca assume o Atlético e salva o time do rebaixamento, embora tenha sido o comandante na goleada de 6 a 1 para o Cruzeiro, na última rodada daquele Brasileirão.

No ano seguinte é campeão mineiro invicto e tem participação decisiva na chegada de Ronaldinho Gaúcho à Cidade do Galo, pela ligação que tem com Assis, irmão do craque, que foi seu companheiro nos tempos de jogador no Grêmio.

É vice do Brasileirão mais uma vez, perdendo a taça de novo para o Fluminense, mas em 2013 muda de patamar entre os treinadores brasileiros levando o Galo ao maior título da sua história, a Copa Libertadores.

Chama a atenção do futebol chinês e vai treinar o Shandong Luneng, numa saída traumática do Atlético, pois foi anunciada com o time no Marrocos, para disputar o Mundial de Clubes da Fifa.

Cuca Santos 2021

Apesar da crise vivida pelo Santos, que teve saída de presidente, fruto da grave crise financeira, Cuca levou o time à decisão da Copa Libertadores, perdendo o título para o Palmeiras com um gol nos acréscimos

A partir de 2016, viveu a ciranda paulista com duas passagens por Palmeiras e Santos e uma pelo São Paulo.

Agora, Cuca volta ao Galo para comandar um elenco milionário e com o desafio de colocar mais uma grande taça no currículo.