Jair, Tchê Tchê e Nacho. Esse é o meio-campo titular do Atlético, na concepção do técnico Cuca. Foi o que o próprio treinador admitiu neste sábado (8), após o empate em 1 a 1 com o Tombense. A tendência é que essa trinca seja utilizada pela primeira vez como titular na quinta-feira (13), contra o América de Cali, pela quarta rodada do grupo H da Libertadores.

“Bom meio-campo, o caminho é esse. Eu entendi assim, vocês estão entendo assim. As coisas vão se encaixando, é o natural. Um meio-campo para ser titular. Temos outras opções, como o Allan, que se encaixa bem, e o próprio Alan Franco. São jogadores que vamos utilizando”, afirmou.

Falando individualmente de Jair, Cuca destacou aquilo que observou nas vezes em que o meio-campista atuou sob seu comando. “Jogador com bom passe, tem marcação forte, não é de velocidade, mas se posiciona muito bem e tem bom jogo aéreo. É primeiro volante, no meu modo de ver, sabe jogar e é superimportante para nós”, disse.

No entanto, demonstrou preocupação com um fator: o excesso de cartões amarelos recebidos por Jair e Allan pelo Atlético.

“Não vejo com naturalidade, porque fica à mercê de tomar vermelho. Como foi no meio de semana, quando o Allan levou. Já fiquei com um a menos em competições mata-mata e tive problemas. Temos que tirar lições disso. Vamos trabalhar isso com eles”, comentou.