O Dínamo de Kiev foi punido nesta quarta-feira pela Uefa e terá que atuar uma partida com portões fechados na próxima competição europeia que disputar. A decisão partiu depois que a entidade considerou "abuso racista" a atitude alguns torcedores ucranianos em duas partidas desta temporada.

Segundo a Uefa, o racismo aconteceu nos confrontos diante do Paris Saint-Germain, no dia 21 de novembro do ano passado, pela Liga dos Campeões, e do Bordeaux, no último 14 de fevereiro, pela Liga Europa. A pena do Dínamo ainda pode ser aumentada em mais uma partida se incidentes similares ocorrerem nos próximos três anos. O clube apelou da decisão e a nova audiência ainda não tem data marcada.

O Dínamo está em terceiro no Campeonato Ucraniano desta temporada e luta para voltar à Liga dos Campeões. Para se classificar para a fase preliminar da competição, a equipe teria que terminar na segunda colocação, posição atualmente ocupada pelo Metalist Kharkiv, que está dois pontos á frente do time de Kiev.