Líder do Campeonato Brasileiro no comando do Atlético, o técnico Cuca é um dos principais personagens do duelo com o Santos, nesta quarta-feira (13), às 19h, no Mineirão, pela 26ª rodada da Série A.

Isso porque o treinador tem sua história recente diretamente ligada aos dois clubes. No caso do Galo, pelo grande desempenho na atual temporada, podendo culminar nos títulos do Brasileirão e da Copa do Brasil, que se somariam ao do Campeonato Mineiro.

A conquista de mais um troféu de expressão pelo Alvinegro escreveria mais um importante capítulo da história dele no clube, já eternizada pela Libertadores de 2013.

Entretanto, apesar de ter visto o time levantar a taça da principal competição da América do Sul há relativamente pouco tempo, a obsessão da diretoria alvinegra e do torcedor é o fim do jejum de 50 anos sem conquistar o Brasileirão.

Sob esssa expectativa, Cuca foi contratado no início da temporada para comandar um elenco com investimento milionário, montado para conquistar os principais títulos, especialmente o da Série A.

Cuca, técnico do Atlético, em 2021

Santos

Se vive a expectativa de terminar 2021 com mais uma ou duas taças na galeria, Cuca esteve muito perto de alcançar a glória também com o Santos na temporada passada.

No comando do Peixe, o técnico levou um desacreditado time, afetado diretamente pela crise financeira, institucional e política do clube, à final da Copa Libertadores.

Porém, já nos minutos finais da decisão, disputada no dia 30 de janeiro, no Maracanã, viu o título escapar pelas mãos com um gol do atacante Breno Lopes, do Palmeiras, sacramentando a vitória do Verdão por 1 a 0.

Passados quase dez meses do vice-campeonato do torneio sul-americano, o Santos segue em delicada situação econômica e instável nos bastidores. Dessa vez, porém, os problemas se refletem diretamente dentro de campo, com o time ameaçado de rebaixamento.

Diante desse cenário, caso seja vitorioso no confronto desta quarta, Cuca, que quase levou o Santos ao Mundial, deixaria o Peixe mais perto de disputar a Série B pela primeira vez em sua história.