josé dalai rocha, cruzeiro, conselho deliberativo

As eleições presidenciais do Cruzeiro para o "mandato tampão" tem data marcada. O edital de convocação para o pleito que definirá o nome para comandar a Raposa até o fim de 2020 será publicado nesta quarta-feira (12). A informação foi confirmada à reportagem pelo presidente interino do clube José Dalai Rocha. 

De acordo com Dalai, a eleição acontecerá no dia 21 de maio. Em entrevista ao Hoje em Dia, o dirigente afirmou que segue em busca de um nome de consenso para que uma chapa única seja inscrita, aclamada após aprovação do Conselho Deliberativo, e comande o Cruzeiro a partir do segundo semestre deste ano.

Pelo Estatuto, o presidente do Conselho Deliberativo cruzeirense teria 30 dias para convocar novo pleito para eleger o presidente a partir da renúncia de Wagner Pires de Sá. 
Isso não foi feito, até por todo o momento conturbado que o clube passa.

"Vamos marcar ainda em fevereiro as eleições. Não para fevereiro. Marcar em fevereiro as eleições”, disse. “O prazo para marcar era 30 de janeiro, mas será por que que não marcamos? O poste da rua sabe a situação de calamidade que vivemos. Jurisprudências nos absolveriam”, explicou Dalai em entrevista no dia da primeira reunião do Conselho Deliberativo azul em 2020.

Dalai Rocha tem sido pressionado por várias alas do clube para convocar às eleições. O grupo "Nascidos Palestra Forjados Cruzeiro 1921", responsável pelos protestos que ajudaram a tirar Wagner Pires de Sá da presidência no começo deste ano, publicou nas redes sociais uma nota exigindo explicações do atual presidente.

"Dalai, eleições em maio? Não dá para se planejar bem se o novo presidente do Cruzeiro assumir com a Série B em andamento", contestaram os torcedores em publicação no Twitter.

Aguarde mais informações