“Eu vejo em vocês a razão da nossa vitória”. Esta foi uma das frases ditas pelo presidente em exercício do Cruzeiro, Dalai Rocha, numa tentativa de apaziguar os ânimos dos torcedores que foram para a portaria da Sede do Barro Preto, nesta quarta-feira (21).

Enquanto muitos conselheiros e dirigentes fugiram da torcida, Dalai Rocha parou por alguns minutos para conversar com os cruzeirenses revoltados com o momento turbulento vivido pelo Clube. 

O mandatário, inclusive, precisou pedir calma para um grupo de torcedores que atirou objetos quando Sérgio Nonato, ex-diretor geral do clube na gestão Wagner Pires de Sá e investigado pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) por operações suspeitas, chegou ao Barro Preto para votar na eleição do novo presidente do Cruzeiro. 

“Não vamos tumultuar hoje não. Eu tenho a mesma indignação de vocês, mas nós (Núcleo Dirigente Transitório) fomos tirados pela forma legal (eleição). Vocês são jovens, são pessoas valorosas. Não encarem a polícia. Nós vamos reagir”, destacou Dalai Rocha. 

Mesmo com os seguranças do Cruzeiro tentando retirá-lo do local, o presidente em exercício continuou a tentativa de diálogo. “Eu vejo em vocês amor ao Cruzeiro. Nós precisamos da força de vocês”, finalizou. 

Veja o vídeo: