O goleiro Fábio poderia fazer o jogo de número 800 com a camisa do Cruzeiro na decisão da Copa do Brasil contra o Corinthians. Mas a marca será adiada, porque o ídolo celeste, com 798 partidas até o momento, será substituído por Rafael diante do Vasco, neste domingo.

Justamente pensando no jogo de volta em São Paulo, que poderá valer o hexacampeonato da Copa do Brasil, Mano Menezes escalará uma equipe reserva, assim como fez antes do duelo contra o Boca Juniors e em partidas antecessoras à jogos decisivos de mata-mata. É a chance de Rafael ajudar a Raposa a crescer na tabela. E a missão é fazer o clube cinco estrelas dar uma arrancada e mirar o G-6.

"Temos de pensar em arrancada no Brasileiro, sim. Claro que, com excesso de jogos em sequência, você acaba mudando muito o time por conta do desgaste e isso atrapalha o entrosamento. Jogar no Rio, contra o Vasco, é sempre muito difícil. E vai apertar ainda mais por conta do final do Campeonato. Todo mundo briga por alguma coisa", afirmou o goleiro.

O Cruzeiro, atualmente em oitavo lugar, soma 37 pontos, e foi ultrapassado pelo Santos, que tem 39 pontos e está em sétimo. O rival Atlético, com 45 pontos, é o primeiro do G6. Vale ressaltar que a Raposa ainda tem um jogo a menos na tabela, pois teve o duelo contra o Ceará adiado para o dia 24 de outubro.