Na semana em que voltaram ao Top 100 do ranking, Thiago Monteiro e Beatriz Haddad Maia garantiram a vaga direta na chave principal do US Open, o quarto e último Grand Slam da temporada, que terá início em 26 de agosto. A confirmação da classificação direta foi anunciada pela organização do torneio nesta quarta-feira, ao oficializar o ranking desta semana como referência para a definição das entradas diretas em Nova York.

Monteiro ocupa no momento a 88ª colocação da lista da ATP, ao subir 28 posições na relação atualizada na segunda-feira. Ele assegurou a vaga porque o US Open definiu o espanhol Marcel Granollers, atual 98º do mundo, como o ponto de corte para a definição dos classificados diretos.

Os tenistas com ranking acima deste posto terão que disputar o qualifying, a ser realizado entre os dias 19 e 24 de agosto. Rogério Dutra Silva, 228º do mundo, é o único com chances de entrar nesta disputa no momento.

Para definir os classificados diretos, o US Open anunciou ainda que garantiu as entradas de seis tenistas com ranking protegido: Tomas Berdych, Vasek Pospisil, Jozef Kovalik, Janko Tipsavrevic, Steve Darcis e Cedrik-Marcel Stebe.

No feminino, Bia também foi favorecida pela boa fase. Após vencer na primeira rodada em Wimbledon, despachando a então favorita Garbiñe Muguruza, da Espanha, a brasileira ganhou boas posições no ranking da WTA e figura agora em 96º, o suficiente para confirmar a vaga direta, sem precisar passar pelo quali.

Nesta relação, a organização permitiu a entrada de duas tenistas locais, CiCi Bellis e CoCo Vandeweghe, por conta de ranking protegido.


Leia mais:
Bia Haddad se garante no Aberto da Austrália e Monteiro cai no qualifying
Bia encara rival local em Wimbledon em busca de quebrar mais um jejum brasileiro
Bia arrasa romena em estreia na chave principal do Torneio de Acapulco