Depois de se recuperar no Campeonato Brasileiro com a vitória por 2 a 0 sobre o Santos, no último domingo (18), no Mineirão, o Cruzeiro pode ter dois importantes desfalques para a sequência da competição.

Com problemas musculares, os zagueiros Dedé e Léo não foram a campo na reapresentação do time, nessa segunda, na Toca da Raposa II, e tem a presença incerta no duelo com o CSA, no domingo, às 19h, no estádio Rei Pelé, em Maceió.

O primeiro deixou o duelo com o Peixe no segundo tempo reclamando de câimbras. Léo, por sua vez, sequer foi relacionado para a partida em função de um desconforto na coxa.

Em entrevista à Rádio Itatiaia, o chefe do departamento médico da Raposa, Sérgio Campolina afirmou que ambos não apresentam lesões, mas que fazem trabalhos preventivos no centro de treinamento celeste para evitar que o desgaste muscular evolua para uma situação pior.

Ainda de acordo com Campolina, os defensores vão ser avaliados durante a semana para definir se vão ser liberados para os treinamentos com os demais companheiros.

Caso não tenham condições de jogo no fim de semana, Fabrício Bruno, que foi titular contra o Peixe, e o jovem Cacá, acionado durante o confronto, são as opções de Rogério Ceni para compor a dupla de zaga.  

A dupla, inclusive, foi muito elogiada por Ceni após a vitória sobre o Alvinegro Praiano.