Após 20 anos dedicados ao Atlético, Domenico Bhering foi demitido do clube. O anúncio foi feito pelo próprio ex-diretor de Comunicação do Galo, pelo Twitter, nesta sexta-feira (22).

“Após 20 anos de entrega total ao Galo, saio com a sensação de dever cumprido. Faz parte do jogo. Seis presidentes, mais de 30 treinadores, mais de 500 viagens, títulos, alegrias, tristezas, grandes amigos e aprendizados”, escreveu ele.

“Dei meu melhor a cada minuto! Vivi momentos espetaculares, outros nem tanto. Um dia, espero colocar tudo num livro, tem muita história. Deixo um departamento de Comunicação (com a ajuda de muitos) pronto para voar, nunca tivemos números tão bons. Continuarão excelentes, tenho certeza”, completou.

Minutos depois, o Atlético fez um anúncio oficial da saída de Bhering.

História

Domenico foi contratado para ser assessor de imprensa do Galo no fim de 2000. “Veio esse convite. E eu falava que precisava ficar pelo menos um ano no Atlético para mostrar que eu dava conta (em ser assessor do clube)”, disse ele à Web Rádio Galo em 2016.

Ao longo dessas duas décadas, fez parte do setor durante os mandatos de seis presidentes: Nelio Brant (até 2001), Ricardo Guimarães (2001 a 2006), Ziza Valadares (2007 a 2008), Alexandre Kalil (2008 a 2014), Daniel Nepomuceno (2015 a 2017) e Sérgio Sette Câmara (2018 a 2020).

Com o passar do tempo, se tornou diretor de comunicação e, durante alguns meses de 2017, acumulou a função de diretor de futebol do clube. “Meu nome era interessante nesses três meses restantes em 2017. Estávamos em situação complicada, se falava em rebaixamento, mas aqui, em momento algum, a gente pensava nisso. Desejo muita sorte ao próximo diretor. Todos confiaram muito em mim, sobretudo o Kalil, maior responsável por eu estar aqui. Quero agradecer à diretoria pela confiança”, afirmou àquela época.

Com Sérgio Coelho assumindo a presidência alvinegra, Domenico teve seu nome desligado do clube. O legado está implícito nessas duas décadas em que procurou honrar as cores do Atlético da melhor forma possível.

“A todos que trabalharam comigo, meu agradecimento sincero. À imprensa, pelos erros que devo ter cometido, minhas desculpas. A essa gestão, sorte e sucesso. À torcida que sempre me respeitou demais, muito obrigado! Trombaremos por aí. Sigo meu caminho, estou em paz”, comentou no Twitter.

Domenico

Domenico Bhering, ao lado do atacante Obina, em 2010

Leia Mais:
Zagueiro Manoel elogia empenho dos mais jovens: 'Foram homens para honrar a camisa do Cruzeiro'
Flamengo supera o Palmeiras e empurra o Atlético para o quarto lugar do Brasileirão
Atlético e mais quatro clubes fazem proposta por Hulk, que deve definir futuro na próxima semana