O Cruzeiro poderia enfrentar o Santos no próximo domingo (18) pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro com o risco de perder um recorde registrado em duas edições da competição. Em 2003 e 2013 a Raposa somou oito vitórias consecutivas no torneio e registrou, até então, um feito que nenhum outro clube conseguiu repetir. 

No último sábado o próprio Peixe até tinha essa chance de igualar os números celestes, mas perdeu a oportunidade ao ser derrotado pelo São Paulo, no Morumbi. Com isso, o Alvinegro Praiano estacionou nas sete vitórias e, pelo menos por enquanto, o Cruzeiro tem suas façanhas preservadas. 

Todas essas sequências positivas de oito vitórias a Raposa atingiu quando venceu o Brasileirão. Por duas vezes no ano da Tríplice Coroa o time cinco estrelas emplacou essa marca de oito vitórias. A primeira vez aconteceu entre a 29ª e 36ª rodadas, em 2003, e naquela ocasião os adversários vencidos foram Guarani, Athletico-PR, Santos, Corinthians, Vitória, Criciúma, Flamengo e Atlético.

Na mesma edição do Campeonato o Cruzeiro repetiu as oito vítórias, porém, entre as rodadas 39ª a 46ª. Nesse intervalo derrotou o Figueirense, o Fortaleza, Grêmio, Vasco, Paraná, Bahia, Fluminense e Paysandu. 

Em 2013 o Cruzeiro também registrou oito triunfos diretos: Vitória, Ponte Preta, Vasco, Bahia, Flamengo, Goiás, Athletico-PR e Botafogo. 

Ficaram no quase

Além do Santos outros clubes chegaram à marca de sete vitórias seguidas: Palmeiras (2019, entre a 3ª e 9ª rodadas), Atlético (2012, entre a 6ª e 12ª rodadas), o Corinthians (2011, entre as rodadas 4 e 10), o São Paulo, três vezes (2009, entre a rodada 14 e 20; 2007, entre as rodadas 9 e 15; e 2004 entre as rodadas 9 e 15) e o Santos (2003 entre a rodada 37 e 43). 

Os números desse levantamento foram apurados pelo site Futdados, especialista em estatísticas do futebol. 

As sete vitórias consecutivas do Santos nesta edição do Brasileirão aconteceram entre as rodadas de número 7 e 13. 

Clubes que atingiram sete vitórias em sequência no Brasileirão de pontos corridos

2019: Palmeiras e Santos
2012: Atlético
2011: Corinthians
2009: São Paulo
2007: São Paulo
2004: Santos
2003: Santos