Um surto de covid-19 ampliou o número de desfalques do Atlético para o duelo com o Athletico-PR, vencido pelo Furacão por 2 a 0, nessa quarta-feira (18), no Mineirão, em jogo atrasado da 6ª rodada do Brasileirão.

Além das baixas na comissão técnica, incluindo o técnico Jorge Sampaoli, o Galo não pôde contar com oito jogadores diagnosticados com o coronavírus.

Além das ausências pela doença, o alvinegro teve mais quatro desfalques, sendo dois por lesão e dois por convocação.

No último caso, o problema vai ser sanado para o confronto com o Ceará, no próximo domingo, às 16h, no Castelão.

De fora do jogo contra o Furacão por estarem servindo as seleções de seus países, o zagueiro paraguaio Junior Alonso e o atacante venezuelano Savarino voltam a ficar à disposição do Atlético.

Covid-19

As voltas dos dois titulares acontece em um momento em que o Galo vai seguir sem contar com a maior parte os jogadores diagnosticados com covid-19.

O goleiro Victor, o lateral-direito Guga, os zagueiros Gabriel e Réver, o volante Allan, o meia Allan Franco e o atacante Eduardo Vargas, que testaram positivo nos últimos dias, são desfalques certos.

Já o meia-atacante Savinho, que foi positivado para o coronavírus há cinco dias, deve repetir os exames nos próximos dias para saber se já está livre do vírus.

Em relação às lesões, o lateral-direito Mariano segue em recuperação de uma lesão muscular na coxa direita, sofrida no dia 9 de novembro.

Como o Galo não revelou a gravidade da lesão, ainda não se sabe se o jogador vai ter condições de jogo no domingo.

O atacante Diego Tardelli, em recuperação de uma cirurgia no tornozelo direito, ainda demanda de um período maior de tempo para voltar a ser opção.