SÓCHI (Rússia) – Em uma Copa do Mundo marcada até aqui pelas “zebras”, o Brasil entra em campo nesta sexta-feira (22), às 9h, praticamente obrigada a derrotar a Costa Rica num dos duelos teoricamente mais desequilibrados desta primeira fase.

O atacante Neymar e o meia Philippe Coutinho lideram terceira seleção mais valorizada no mercado dentre as 32 presentes nesta edição, só atrás de França e Espanha. No outro extremo, Los Ticos figuram no “Z-4” do ranking, apenas à frente de Peru, Arábia Saudita e Panamá, segundo o site especializado Transfermark (veja os detalhes abaixo).

Para efeito de comparação, o camisa 10 do Paris Saint-Germain desembarcou na Rússia como o atleta mais caro do planeta, com valor de momento calculado em € 180 milhões. Isso quer dizer que, sozinho, o craque vale quase cinco vezes mais que o elenco adversário pela segunda rodada do Grupo E.

Clique para ampliar

Ainda segundo o site alemão, o elenco canarinho tem um “time inteiro” de astros com valor superior ou igual ao de toda a Costa Rica. São 11 nomes, incluindo o do volante Paulinho, avaliado nos mesmos € 40 milhões.

Bom e barato

Titular do Real Madrid e tricampeão europeu pelo clube espanhol, o goleiro Keylor Navas, de 31 anos, é o atleta mais cobiçado da equipe centro-americana. Devido a fatores como a idade, porém, ele vale “apenas” € 18 milhões no mercado. Se fosse brasileiro, apareceria em 17º lugar na lista do técnico Tite.

A disparidade chama ainda mais atenção se levados em conta os colegas do goleiro. Sem outras grandes estrelas no elenco da Costa Rica, o abismo é de € 14 milhões entre Navas e Celso Borges (La Coruña), o segundo mais caro do país. Com ascendência brasileira e a dupla cidadania, o meia seria o jogador mais barato da Seleção, ao lado do goleiro Cássio.

Tal favoritismo aumenta a responsabilidade, ainda mais depois do tropeço diante da Suíça na estreia (1 a 1). “Os jogos entram com caráter decisivo, em função do empate do primeiro jogo. Temos consciência disso”, declarou o técnico brasileiro.

E é bom mesmo Neymar e companhia entrarem ligados. Nos outros dois confrontos com tamanhas diferenças entre os elencos nesta primeira fase, França e Espanha suaram para vencer os “azarões” Peru e Irã, respectivamente, pelo placar mínimo.

Desfalque

Para a partida contra a Costa Rica, o técnico Tite não contará com o lateral Danilo, devido a uma lesão na região do quadril. Recuperado recentemente de contusão e sem jogar há dois meses, o reserva Fagner herda a vaga.

 

Conheça o elenco da Costa Rica: