Após uma semana de muitas cobranças, devido a uma sequência de resultados ruins, especialmente no Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro busca a reabilitação hoje, às 19h, diante da Chapecoense, no Independência.

A volta por cima foi uma exigência dos próprios jogadores, que se reuniram com a diretoria e prometeram que o time voltaria a fazer as pazes com as vitórias, saindo da parte de baixo da tabela de classificação.

Após ganhar o Campeonato Mineiro e exibir o segundo melhor desempenho na fase de grupos da Copa Libertadores, o time celeste enfrentou uma súbita queda de produção, levando muitos gols nas partidas.

A desorganização defensiva é o que mais chama a atenção: o Cruzeiro perdeu para Flamengo por 3 a 1, no Maracanã; por 3 a 1 para o Internacional, no Beira-Rio; e por 4 a 1 para o Fluminense, novamente no Maracanã.

A equipe também conta com a parada nos campeonatos de clubes por conta da Copa América, para poder reorganizar a casa. Mas ainda faltam cinco jogos pelo Brasileiro, além de uma partida decisiva pela Copa do Brasil, contra o Fluminense.

O Cruzeiro tem seis pontos na tabela, enquanto a Chape tem quatro, também numa fase ruim na competição nacional. Para os catarinenses, um bom resultado no Independência é vital para se afastar da zona de rebaixamento.

 

CRUZEIRO X CHAPECOENSE

CRUZEIRO - Fábio; Edilson, Dedé, Léo e Egidio; Henrique e Lucas Romero; Robinho, Rodriguinho e Pedro Rocha (Marquinhos Gabriel); e Fred. Técnico: Mano Menezes.

CHAPECOENSE - Tiepo; Caíque Sá, Gum, Douglas e Bruno Pacheco; Elicarlos, Márcio Araújo e Campanharo; Arthur Gomes, Rildo e Everaldo. Técnico: Ney Franco.

ARBITRAGEM – Dewson Fernando Freitas da Silva (Pará/Fifa), auxiliado por Alessandro Álvaro Rocha de Matos (Bahia/Fifa) e Fabrício Vilarinho (Goías/Fifa).

LOCAL – Independência

HORÁRIO – 19h