jorge sampaoli, jorge jesus, sampaoli, jesus, atletico, flamengo, galo, fla, mister

A possibilidade da saída do técnico Jorge Jesus do Flamengo ultrapassa os limites da Guanabara e chega às montanhas de Minas. Com a chance de o atual treinador rubro-negro voltar ao Benfica, de Portugal, fala-se que Jorge Sampaoli, comandante do Atlético, possa vir a ser um dos eventuais alvos do atual "campeão de tudo". 

O diretor de futebol alvinegro, Alexandre Mattos, preferiu adotar a cautela ao comentar essa possibilidade. O dirigente colocou que a situação, pelo menos por enquanto, não passa de "especulação" e que Sampaoli sabe os parâmetros contratuais assinados com o Galo.

"Ele é um profissional, como eu sou. O profissional para romper o seu compromisso ele sabe, até por contrato, o que é possível e o que não é. Todas as implicações que ocorrem de compromisso, assinado, e o compromisso que faz com os jogadores que estão vindo, que permaneceram, com os investidores. São muitos compromissos para serem quebrados por uma saída precoce, se é que a gente cita, mas não sabemos nem se o (Jorge) Jesus vai embora, se ele não vai, ou se caso for embora o perfil é o do Sampaoli mesmo que o Flamengo buscaria ou não. Isso tudo está muito no especulativo, não temos que trabalhar com especulação", disse Alexandre Mattos em entrevista à Rádio Itatiaia. 

Jorge Jesus, como informou na última semana os jornais portugueses, interessa ao Benfica, clube que o próprio treinador dirigiu entre 2009 e 2015. A proposta das Águias é tentadora. Segundo o portal Goal seriam R$ 24 milhões por ano e um vínculo de quatro temporadas. 

O site Goal ainda informa que existe sim chance de Jorge Jesus aceitar a proposta benfiquista após convite do presidente do clube encarnado Luís Filipe Vieira. A confirmação da saída do técnico Português do futebol brasileiro pode ser confirmada após o fim do Campeonato Carioca, que acontece na próxima quarta-feira, no segundo Fla-Flu da final. 

"O que temos hoje é um trabalho feito com o Sampaoli, trabalho assinado, firmado e com ccompromissos, não só contratual, mas com pessoas, com a instituição. Ele, até o momento, me parece um profissional sério, identificado com aquilo que quer e não dá indícios de que não está feliz com aquilo que está sendo feito. Fora disso seria uma situaão bem particular dele,  como o próprio Jesus, se sair do Flamengo quebra os compromissos que tem para o Flamengo para outra ideia, e ele sabe o que tem que fazer para quebrar esses compromissos. Vamos aguardar, o que a gente tem é um trabalho árduo de montar um time competitivo e protagonista, isso que nós vamos fazer", garantiu Mattos.