Em cerca de uma semana, o goleiro Matheus Mendes vivenciou momentos marcantes: pênalti defendido, aliado a uma grande atuação, em sua estreia pelo Atlético, no último sábado (1), contrato renovado até o fim de 2024 e a confirmação da titularidade no jogo de volta das semifinais do Campeonato Mineiro contra o Tombense.

Próximo passo? Ser novamente um dos destaques do Alvinegro, neste sábado (8), no Mineirão, em partida que pode selar a classificação do Galo para a decisão do Estadual – no duelo de ida, no Independência, o Atlético superou o time de Tombos com uma goleada por 3 a 0.

"Muito feliz. Acho que nunca esperava por isso, de poder entrar já em dois jogos e começar atuando neste sábado. Para mim é muito importante mostrar um pouco do que vinha fazendo tanto no CSA quanto nos treinos de hoje. Não tenho nem palavras para explicar isso", declarou o arqueiro de 22 anos e fã do são Victor, nome fundamental para a prorrogação de seu vínculo com o clube mineiro.

"Convivo muito com o Victor. Dentro de campo é um cara muito amigo, companheiro, sempre dando conselhos. E como gerente, continua a mesma amizade, junto com os goleiros e todos do clube", comentou ele, autor de uma defesa em uma penalidade no Horto, local onde Victor se consagrou.

Outra motivação a Matheus Mendes é a decisão da diretoria alvinegra de não contratar outro jogador para a posição, após a lesão do reserva imediato de Everson, Rafael, que ficará de quatro a seis meses longe dos gramados.

"Esse voto de confiança se deve ao trabalho que fiz no CSA. Se não fosse por isso, eles poderiam talvez trazer outro goleiro. Pelo projeto que o Atlético está montando, de um time para ganhar tudo, esse voto de confiança tem a ver com o que fiz no ano passado. Só tenho a agradecer ao clube por me dar essa oportunidade", disse Mendes.

Atlético