"Bicampeão! Bicampeão!". O tão sonhado grito que os atleticanos esperam no Campeonato Brasileiro, foi ecoado nos quatro cantos de Minas Gerais, há exatos 23 anos, mas em outro competição. Valorizada na época, pois contava com os grandes do futebol sul-americano, a Taça Conmebol ficava em BH naquele 17 de dezembro de 1997.

Primeiro campeão do torneio, em 1992, o Galo voltou a conquistá-lo cinco anos depois, após despachar o violento time do Lanús, da Argentina. No primeiro duelo, em solo hermano, os mineiros venceram dentro das quatro linhas por 4 a 1 e, após a apito final, ainda participaram de um verdadeiro confronto de MMA com os donos da casa. Na ocasião, durante a pancadaria, o técnico Emerson Leão foi agredido e precisou passar por um processo cirúrgico no rosto. As cicatrizes, inclusive, acompanham o treinador até hoje.

No jogo decisivo, realizado no Mineirão, Taffarel, Bruno, Neguete, Marques, Valdir do Bigode e companhia apenas administraram a vantagem conquistada fora de casa e, com um empate em 1 a 1, ficaram com o caneco e a volta olímpica.

Atlético Conmebol 1997