O técnico Levir Culpi surpreendeu a torcida ao entrar em campo, contra o Defensor, na semana passada, com três volantes, sacando o atacante Chará para reforçar o meio com Zé Welison. A dúvida é se o esquema será mantido para o jogo desta quarta (6), diante do Cerro Porteño, no Minierão, na estreia do Atlético na fase de grupos da Copa Libertadores.

Para o meia Cazares, a mudança no esquema, se acontecer, não alterará muito a maneira de jogar do Galo. "Dá mais liberadde para quem está na frente. (No jogo passado) Elias ficou trocando de lado com Luan. Então, é a mesma formação, praticamente o mesmo time. Para mim, não muda muito", ansalisa o camisa 10 atleticano.

Como Zé Welison foi expulso contra o Defensor, se Culpi manter o esquema com três volantes o jogador da psoição que deverá começar jogando, ao lado de Elias e Adilson, deverá ser Jair. Mas o treinador poderá retornar com Chará ao time, até porque, no duelo contra o Defensor, o Atlético já tinha feito 2 a 0 fora de casa e, no jogo de volta, preferiu se resguardar.

Na entrevista coletiva, Cazares, que vem sendo o principal destaque do time, destacou que prefere dar assistências aos companheiros do que marcar gols. "Meu jeito sempre foi esse: gosto mais de dar passe para os companheiros fazerem. Mas, se der para eu fazer, eu vou fazer", registra o equatoriano,