O experiente Leonardo Silva alcançou mais uma importante marca dentro do Atlético. A vitória diante do Unión La Calera, nessa última terça-feira (28), foi a 200ª do zagueiro pelo Galo. No entanto, a história do zagueiro poderia ter sido alterada no dia 30 de maio 2013.

O lance que imortalizou Léo Silva como o autor do gol mais importante da história do clube poderia nunca ter acontecido, e o culpado seria o próprio zagueiro. Qual torcedor não se lembra do pênalti assinalado a favor do Tijuana nos últimos instantes da partida? O autor da penalidade é o mesmo que faria o gol decisivo contra o Olímpia e completaria 200 vitórias pelo Galo nessa terça-feira.

Se o capitão da conquista da Copa do Brasil de 2014 tem que agradecer o pé esquerdo de Victor por aquele 30 de maio de 2013, não faltam motivos para a torcida atleticana reverenciar a história construída pelo zagueiro dentro do clube.

Conhecido como carrasco do Atlético quando ainda defendia as cores do Cruzeiro, Léo Silva chegou ao alvinegro em 2011, e sua estreia foi justamente em uma vitória por 4 a 3 sobre o maior rival.

A partir daí o zagueiro foi se tornando uma importante referência dentro do clube e teve como auge a formação das torres gêmeas ao lado de Réver, dupla titular do título da Copa Libertadores de 2013.

Com a série de lesões e a má fase de Réver, Jemerson assumiu o posto de parceiro do capitão Leonardo Silva e juntos conquistaram a histórica Copa do Brasil de 2014, em cima do Cruzeiro.

Em 2018, Léo Silva renovou seu contrato somente até o término do Campeonato Mineiro da atual temporada, mas as atuações seguras rederam ao zagueiro uma ampliação de seu contrato até o fim deste ano, quando o ídolo atleticano deve se aposentar.

Confira alguns números de Leonardo Silva pelo Atlético
Jogos: 375
Vitórias: 200
Empates: 82
Derrotas: 93
Gols: 35
Títulos: Copa Libertadores (2013), Recopa Sul-Americana (2014), Copa do Brasil (2014), Campeonato Mineiro (2012,2013,2015 e 2017)