Foi um vexame. O Atlético foi goleado por 3 a 0 pelo Unión, da Argentina, na noite desta quinta-feira (6), no estádio 15 de Abril, em Santa Fé, no jogo de ida da primeira fase da Copa Sul-Americana, e ficou em situação muito delicada no torneio.

Após a derrota, o técnico Rafael Dudamel fez questão de elogiar o adversário – que foi amplamente superior na partida -, mas manteve a esperança de conseguir conquistar a classificação à segunda fase.

"O Unión é um rival de muita garra, bom posicionamento e que nos respeitou e jogou para ganhar. Temos que ter mais personalidade de equipe ganhadora. Sei quanto trabalho terei no Atlético. Vamos seguir armando uma equipe para ganhar. Não será fácil a volta, mas não vamos nos dar por vencido", completou o venezuelano.

Erros

 O revés para a equipe argentina foi marcado por uma série de falhas individuais e coletivos do Galo.

No primeiro gol, Gabriel foi facilmente envolvido pelo giro de Gustavo Bou, dentro da área.

Já na parte final do primeiro tempo, o Unión ampliou com Cabrera, que aproveitou um buraco entre o meio de campo e a defesa alvinegra, para invadir a área e bater firme para ampliar.

Para sacramentar o placar, no início da segunda etapa, Carabajal aproveitou lançamento longo e se livrou facilmente de Réver para fazer o terceiro dos donos da casa.

Por fim, ainda deu tempo de Allan desperdiçar um pênalti, que poderia diminuir o prejuízo do Atlético na disputa, e ainda foi expulso, ao receber o segundo cartão amarelo, fruto de nova falha defensiva da equipe.

Mesmo com tantos equívocos na partida, Dudamel contemporizou, evitando apontar vilões para a catastrófica noite atleticana em Santa Fé.

"Não falo dos erros publicamente. Nós fizemos uma partida correta, com intensidade e que requer a competição internacional, mas temos que despertar a qualidade individual e coletiva. Temos que transformar isso em mais personalidade e mais ambição”.

O jogo de volta será disputado no dia 20 de fevereiro, às 21h30, no Independência. Para avançar na competição, o Atlético terá que vencer por quatro gols de diferença. Um novo 3 a 0 leva a decisão para a disputa de pênaltis. Lembrando que na Sul-Americana o gol marcado fora de casa é critério de desempate.

Antes de voltar a pensar na competição internacional, o Galo enfrenta o URT, no domingo, às 18h, no estádio Zama Maciel, em Patos de Minas, pela quinta rodada do Campeonato Mineiro.

Dudamel