O Internacional completou a quinta partida consecutiva sem vitória no Campeonato Brasileiro ao apenas empatar por 0 a 0 com Atlético, em Novo Hamburgo, na noite de domingo, mas mesmo assim Dunga aprovou a atuação do time. Para ele, apenas detalhes evitaram o triunfo sobre o time mineiro, que teve o atacante Fernandinho expulso ainda no primeiro tempo.

"Foi um jogo bastante truncado e mesmo assim o time teve várias chances de fazer o gol. Cada um tentou contribuir da melhor maneira possível, a defesa se comportou bem apesar dos desfalques. Faltou apenas o gol", avaliou o técnico.

O volante Willians também afirmou que o Inter se saiu bem, mas acabou pecando nas finalizações contra o Atlético. "Estamos criando, mas a bola não está entrando. Agora temos que seguir trabalhando com tranquilidade para acertar as coisas. Temos muitos jogos pela frente ainda", disse.

O empate com o Atlético deixou o Inter apenas em oitavo lugar, com 22 pontos, a sete pontos do líder Botafogo. O diretor de futebol Luis César Souto de Moura garantiu, no entanto, que a situação não preocupa e prometeu que o time vai lutar pelo título do Campeonato Brasileiro.

"O Inter tem chances de conquistar o título. Há uma distância, mas ela não é intransponível. O campeonato está muito equilibrado. A nossa posição não é preocupante. Preocupante seria se olhássemos para o grupo de jogadores, para a comissão técnica e não víssemos a solução. E não é o que acontece", analisou.

Após o jogo de domingo, o Inter volta as suas atenções para a Copa do Brasil. O time vai receber o Salgueiro-PE na próxima quinta-feira, às 19h30, em Novo Hamburgo, no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.