Mesmo o Cruzeiro tendo a segunda pior defesa da Série, ao lado de Brusque e Náutico, com 35 gols sofridos, a dupla de zagueiros Ramon e Eduardo Brock, desde que começou a jogar junta, não perdeu nenhuma partida.

Já são 12 jogos de invencibilidade para os zagueiros – na derrota para o CSA, no Independência, Brock estava suspenso. Com essa parceria como titular, o Cruzeiro sofreu apenas oito gols. 

“A gente conseguiu reduzir bastante o número de gols sofridos. O Ramon é um grande zagueiro, é um prazer estar atuando ao lado dele’’, ressaltou Eduardo Brock.

Antes do entrosamento dos dois agora titulares, a defesa do Cruzeiro sofreu diversas modificações, mas sem sucesso nos números. A dupla atual foi formada após a chegada de Vanderlei Luxemburgo. 

Além da minimização dos erros defensivos, Brock ainda destacou a felicidade em ver o parceiro Ramon servindo como goleador nos jogos contra o Vasco e Guarani. “Tenho que elogiar o Ramon, ele é um grande jogador. Eu fico muito feliz quando ele consegue fazer um gol. Nós somos muito cobrados ali atrás e quando a gente consegue ajudar na parte da frente é gratificante para todos nós zagueiros”, celebrou. 

Na próxima rodada da Série B, a dupla de zaga colocará sua invencibilidade à prova contra o líder Coritiba, na sexta (8), às 21h30, no estádio Couto Pereira. O Coxa está isolado na primeira posição, com 54 pontos, enquanto o Cruzeiro ocupa o 12° lugar, com 35.

Relação de jogos em que Ramon e Eduardo Brock disputaram juntos

Brusque 1 x 2 Cruzeiro
Cruzeiro 2 x 2 EC Vitória
Cruzeiro 1 x Sampaio Corrêa
Náutico 0 x 1 Cruzeiro 
Cruzeiro 1 x 0 Confiança
CRB 0 x 0 Cruzeiro
Goiás 1 x 1 Cruzeiro
Cruzeiro 1 x Ponte Preta
Cruzeiro 1 x 1 Operário
Vasco da Gama 1 x 1 Cruzeiro
Guarani 1 x 1 Cruzeiro
Cruzeiro 2 x 0 Brasil de Pelotas

Cruzeiro

Leia Mais:
Executivo explica como funcionam os Fan Tokens, que já renderam milhões ao Galo