O orçamento do Atlético para o ano de 2020, aprovado pelo Conselho Deliberativo do clube, prevê uma receita de R$100 milhões em negociações de jogadores nesta temporada. Ativo na janela de transferências, o Galo levantou um montante expressivo, após apenas 70 dias.

A oficialização da venda do goleiro Cleiton para o Red Bull Bragantino, que ocorreu nesta segunda-feira (10), fez com que o alvinegro chegasse a mais de R$69 milhões em vendas de atletas, em um intervalo de pouco mais de dois meses.

Além do goleiro - vendido por 5 milhões de euros (R$23,6 milhões pela cotação atual) -o Atlético negociou desde o final do ano passado os meia-atacantes Luan e Chará e o centroavante Alerrandro.

No fim de dezembro, o Galo vendeu o Menino Maluquinho para o V-Varen Nagasaki, da Segunda Divisão do Japão por US$ 1,5 milhões (cerca de R$6,1 milhões na cotação da época).

Também na reta final de 2019, Alerrandro deixou o alvinegro rumo ao Red Bull Bragantino, que pagou 3 milhões de euros (R$13,98 milhões na cotação da época) por 80% dos direitos do atacante.

Em janeiro, o Atlético negociou Chará com o Portland Timbers, dos Estados Unidos, por US$ 6,5 milhões (R$ 26,2 milhões na cotação da época).

Somando os valores, o montante chega a R$69,88 milhões, o que representa mais de 20% do valor total de arrecadação esperado para o Galo para 2020, que é de R$308,7 milhões.

Entretanto, apesar do importante reforço no caixa, o Atlético informou que as negociações de Alerrandro, Luan e Chará serão lançadas no balanço de 2019. 

Quem também poderia ter sido negociado neste início de ano é o meia Cazares. O Atlético rejeitou uma proposta de R$12,9 milhões do Al Ain, dos Emirados Árabes.

Chará

Ativos

O próximo jogador a ser negociado pelo Atlético pode ser o lateral-direito Guga. O atleta, de apenas 21 anos, é visto pela diretoria alvinegra como o principal ativo do clube.

Titular da Seleção Sub-23, que garantiu a vaga para os Jogos Olímpicos no último domingo, o jogador desperta o interesse de clubes nacionais, como o Flamengo, e também de equipes do exterior.

Para negociar o jogador, o Galo espera uma proposta que supere os R$7,5 milhões, valor pago pelo Atlético para contratar o jogador junto ao Avaí, no final de 2018.

Jovens como o zagueiro Igor Rabello e Jair também também são vistos pelos mandatários do Galo como jogadores com bom potencial de retorno financeiro.