Rafael não é mais jogador do Cruzeiro. O goleiro e o clube chegaram a um acordo em audiência realizada na tarde desta sexta-feira (14), na 19ª Vara da Justiça do Trabalho, em Belo Horizonte. As partes chegaram a um denominador comum, e o jogador rescindiu o vínculo com a Raposa e está livre no mercado.

O atleta também aceitou começar a receber os valores atrasados referentes a salários, FGTS e férias, a partir do meio de 2021.

Com o acerto, Rafael vai retirar a ação contra o clube estrelado que tramita na Justiça. 

 

O jogador foi acompanhado do advogado João Chiminazzo, que o representou na audiência, além do seu pai e do seu irmão, que também compareceram ao fórum.

Já a Raposa foi representada pela advogada Fernanda Saad. O time estrelado não enviou nenhum representante do departamento de futebol. Segundo Fernanda, a ausência se dá em função da viagem de volta da equipe celeste, que empatou em 2 a 2 com o São Raimundo-RR, na última quarta, em Boa Vista. 

Chimanazzo afirmou que restam apenas alguns acertos do Cruzeiro com o jogador para que a ação na Justiça seja retirada, mas que o imbróglio entre as partes está resolvido. 

“Prefiro não falar de valores. Foi um acordo razoável para as duas partes, tanto para o Rafael quanto para o Cruzeiro. Isso era o mais importante no momento, para que todo mundo saísse com a melhor alternativa”, completou o advogado. 

João Chiminazzo também revelou qual o sentimento do jogador, que preferiu não se manifestar após a audiência. 

“Rafael está muito tranquilo. Ele tem a gratidão dele pelo Cruzeiro. Ele tem o histórico dele pelo Cruzeiro, sabe que ajudou sempre o clube enquanto pôde. Ele entende que agora é o momento de seguir a carreira dele. Vai ser grato ao Cruzeiro eternamente, mas ele precisa pensar em seguir a carreira dele”.

Aos 30 anos, Rafael foi alçado ao time principal da Raposa em 2008.

Pela equipe celeste, disputou 112 jogos e conquistou dez títulos: Campeonato Brasileiro (2013 e 2014), Copa do Brasil (2017 e 2018) e do Campeonato Mineiro (2008, 2009, 2011, 2014, 2018 e 2019)

rafael